Menu fechado

O coração do homem e seus dois caminhos

Isaías 60:1

A Bíblia tem mais de 800 referências que tratam sobre ´coração´. Lemos em Genesis 1:1 que: ´No principio Deus…´ desde o começo Deus é Deus. Existiu um momento em que Deus era tudo em todos e havia um só caminho para a eternidade.

As duas leis:

E em um outro momento em Apocalipse 12: 4 mostra lúcifer, que se deslumbrou com sua beleza e poder, foi expulso por Deus para a Terra, com 1/3 dos anjos do céu. A partir daí havia, agora, dois caminhos, o de Deus e o de lúcifer. Mesmo no paraíso havia duas árvores e Deus deu ao homem dois caminhos para que ele escolhesse qual queria trilhar. E o homem escolheu o caminho errado!

E sempre Deus nos deu dois caminhos e mesmo após Jesus há dois caminhos, o que leva para a vida, Deus, e o que leva para a morte. Sempre há dois caminhos o do Deus vivo e o de satanás que leva a morte eterna e o nosso coração é que vai ser a fonte de nossa decisão!

Os dois caminhos:

Romanos 8:2 nos fala das duas leis: a lei do pecado, da carne, a do menor esforço e a lei do maior esforço que é a vida com Deus chamada de a lei do Espírito. A lei do menor esforço é ficar em casa nesta pandemia, sem poder sair e ficar comendo e assistindo televisão ou na internet o dia inteiro e ir dormir vazio de Deus. A lei do maior esforço (lei do Espírito) é ficar em casa se alimentando primeiro da Palavra de Deus tendo comunhão com Ele na oração e no louvor todos os dias, depois ver televisão. Precisamos ter equilíbrio, pois nosso espírito, alma e corpo precisam estar alimentados corretamente.

Outros exemplos da lei do menor esforço é murmurar…, e a de maior esforço é louvar a Deus em todo tempo com ações de graças. O Apóstolo Paulo e Silas em atos 16 não tinham nenhum motivo para estar louvando ao Senhor na cadeia, mas o faziam. Efésios 5:18 nos diz para não se embriagar do vinho…, existe o vinho da carne, o prazer natural, e o vinho do Espírito que é a alegria do reino. Não estou falando do vinho bebida, mas de coisas espirituais…

Deus nos chama para nos alegrarmos no Espírito. Qual é a fonte de seu prazer? O vinho da carne ou o vinho do Espírito? O que mais você deseja é o que mais o satisfaz! Qual é o desejo maior de seu coração? Tenha prazer no Senhor e Ele satisfará todos os desejos de seu coração! Faça do Senhor sua fonte de prazer e alegria!

Existe o caminho da vida e o da morte, o caminha da benção e o da maldição, qual caminho devemos escolher, jesus disse em João 14:6: Eu sou o caminho, a verdade e a vida, isto é, Jesus é o caminho da verdade que leva a vida eterna!

As duas mentalidades:

Temos, também, duas mentalidades que nos levam à fonte. Ou nos alimentamos de Deus ou nos alimentamos do mundo, da carne! E, neste caso, vai depender só de você! O diabo tenta nos convencer que o os conceitos do mundo é um grande parque de diversões, no conceito do mundo é: viva e faça o que você quiser, sem culpa, se te fizer feliz, não errado, o que importa é ser feliz. Não podemos viver como se não houvesse consequências, nossos atos são sementes que ativa as consequências boas ou ruins, uma vez plantadas a colheita será certa e em linha com a semente.

Existe um campo de guerra, a Bíblia nos mostra que estamos em um grande campo de batalha e este campo começa na nossa mente! Em Romanos 12: 1,2 diz que para experimentarmos a boa, perfeita e agradável vontade de Deus precisaremos renovar a nossa forma de pensar e em Romanos 8:5 lemos que a carne é para a carne e que o Espírito é para o Espírito. Então, qual é a nossa mentalidade? Qual o caminho que temos escolhido andar nestes dias de crise, isolado dentro de casa?

Análise: qual é a nossa mentalidade, como a nossa mente funciona? Pensamos como o mundo pensa ou como Deus pensa, temos a mente de Cristo ou a mente do mundo, Jesus disse que o mundo jaz no maligno…

As duas semeaduras:

Em Gálatas 6:6 a 10 lemos que temos que plantar o que queremos colher. O que você quer colher, as coisas da carne ou as coisas do Espírito? As coisas de Deus ou as coisas do maligno, as coisas da luz ou as coisas das trevas? Precisamos plantar aquilo que queremos colher na vida espiritual, emocional, familiar, física, ministerial, profissional e financeira.

Como aplicar o meu coração para Deus:

Em Gênesis 6:5 e 8:21 lemos que por mais que o homem tente fazer o bem para a sua salvação, ele não consegue, Jesus disse ao jovem rico que só um é bom e este é Deus,. Lembre-se, temos uma tendência para o mal, a nossa salvação, a vida eterna só vem por fé e não por obras.

Pela mentalidade do mundo, faremos sempre o mal! Isaías 60:1 tem a chave, dispõe-te… decida-se se dispor continuamente a ter uma posição firme de ir a Deus, a buscar Sua face e esvaziar-se de si mesmo! Em

Deuteronômio 8:12 e 13 mostra que a nossa tendência é se esquecer de Deus quanto estamos com saúde, prósperos, abundantes e ricos, se nossa mente não for renovada e mantivermos esta tendência, o deserto sempre estará presente na nossa caminhada, mas se independente de estarmos supridos ou em necessidade, continuamos a buscar ao Senhor de todo o coração, entraremos permanentemente na terra da promessa e viveremos do melhor.

Amém!

Imprimir
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta