Palavras

Confiança em Deus

Romanos 12:10,12 Viramos o ano debaixo de Palavras proféticas que abençoou todas as áreas da nossa vida e família, fizemos nossas ofertas, semeamos nossos sonhos e depois tivemos doze dias proféticos para doze meses de bênçãos, fomos poderosamente ministrados para crescer, florescer, frutificar e multiplicar, fomos fortalecidos para vencer todas as circunstancias contrarias, para prosperarmos em meio à crise. Depois de tudo isso devemos nos perguntar; Quem está no controle? Aonde de fato tenho colocado os meus olhos e a minha confiança? O Senhor lista sete imperativos para nossa vida nestes versículos de Romanos que acabamos de ler. São eles, amar e honrar uns aos outros, ser zelosos, fervorosos, alegres, pacientes e na oração perseverantes. Se você está passando por uma dificuldade ou por um terrível problema, pense no Deus Todo Poderoso que temos. Ele está no controle de tudo, mesmo quando colhemos consequências dos nossos erros ou estamos passando por alguma tempestade que nós mesmos provocamos, ou por um ataque do inimigo, ou porque Ele permitiu para nos aperfeiçoar ou mesmo que seja por um acaso da vida, hoje Ele manda você se alegrar e confiar nEle. Na matemática de Deus, depois do caos, vem a ordem. Depois da luta vem a bonança. Depois do choro vem o riso.  Se o seu ano não começou como você esperava e você já se sente abatido ou agitado, o convite de Deus é: Descanse! É por causa da esperança que devemos ser pacientes na tribulação e perseverantes na oração. O amor, a honra, o zelo, o fervor, a alegria, a esperança, a paciência e a oração são resultados da nossa relação com Deus. Elas brotam em nós porque sabemos em quem temos crido. E por essa certeza que o apóstolo Paulo nos anima afirmando, “que essa leve e momentânea tribulação, produz um eterno peso de glória.” (2 Coríntios 4:17). Deus tem nos feito lembrar através de várias palavras vindas em nossa direção nas últimas semanas que: Eu o Senhor, não mudo, saia da caverna, pois estou aqui fora te esperando, eu estou na brisa suave, Eu sou o Rei de toda a terra, no meio dos processos difíceis, sempre haverá livramento, provisão, aprendizado e amadurecimento para cada um de vocês que confiam em mim.   Tenha sonhos para 2023, mas não esqueça que a nossa primeira busca deve ser Deus! Muitas vezes os planos de Deus não são fáceis de serem vivenciados. Mas ainda que você esteja iniciando o ano sem emprego, sem dinheiro para pagar as contas, passando por um desafio na saúde ou no casamento, o Senhor nos garante: “Eu sou o Senhor, não mudo e estou com você” Porque temos o Senhor não nos faltará bom ânimo, capacidade de nos reinventar, providência, cura, socorro na angústia. TODA SUFICIÊNCIA que precisamos está nEle. Por isso podemos nos alegrar! O Senhor nos basta, vai além e transborda e isso nos faz contentes, plenos e seguros. Portanto, levante-se! Alegre-se! Esse Deus tão maravilhoso que se revelou a nós na pessoa de Jesus e nos ajuda por meio do Seu Espírito Santo, nos conduzirá cada dia desse novo ano.  Retire os olhos das circunstâncias, da sua listinha de metas, daquilo que fugiu de seu controle e em Cristo Jesus, entregue-se para Deus.  Ele é tudo que nós precisamos.  “No céu, eu só tenho a ti. E, se tenho a ti, que mais poderia querer na terra? Ainda que a minha mente e o meu corpo enfraqueçam, Deus é a minha força, ele é tudo o que sempre preciso” (Salmo 73: 25, 26). Deus os abençoe todos os dias deste ano com intimidade com Ele e muitas vitórias! Apóstolos Eliezer e Zenita  

A morte substituta de Cristo

Romanos 3:21-26; 6:22,23; Efésios 1:7  Um exemplo de expiação, ou falta dela é o caso de um criminoso comprovadamente culpado de crimes segundo a lei. Devidamente julgado e condenado, deve ser executado para que a pena seja cumprida (expiada). Enquanto o condenado não cumprir cabalmente toda a pena estabelecida pela corte competente, o condenado ainda permanece culpado. Não adianta um outro juiz, mesmo que ele tenha uma posição suprema maior que outra  e por quaisquer que sejam as alegações, descondenar o réu. A não ser que esse magistrado “supremo” tenha realmente poderes “supremos” e sofra a condenação no lugar do condenado. Caso contrário o réu continua condenado. Foi isso que Deus fez por nós. Enviando Jesus, o Poder “SUPREMO” que veio e sofreu a pena no nosso lugar e recebeu a nossa condenação na cruz, e expiou a nossa condenação. É por isso que todo aquele que crer nesse ato de expiação de Deus através da Cruz de Cristo pode ser Salvo. Somente por isso, nada mais além da cruz. Nenhum outro pode cancelar nossa condenação, A não ser, que morra em nosso lugar, no lugar do condenado. Quem não recebeu a absolvição pela corte SUPREMA dos céus, a cruz de Cristo no Calvário continua culpado. E o destino é a morte eterna. Em Apocalipse 20:11-15 diz: “Vi um grande trono branco e aquele que nele se assenta, de cuja presença fugiram a terra e o céu, e não se achou lugar para eles. Vi também os mortos, os grandes e os pequenos, postos em pé diante do trono. Então, se abriram livros. Ainda outro livro, o Livro da Vida, foi aberto. E os mortos foram julgados, segundo as suas obras, conforme o que se achava escrito nos livros. Deu o mar os mortos que nele estavam. A morte e o além entregaram os mortos que neles havia. E foram julgados, um por um, segundo as suas obras. Então, a morte e o inferno foram lançados para dentro do lago de fogo. Esta é a segunda morte, o lago de fogo. E, se alguém não foi achado inscrito no Livro da Vida, esse foi lançado para dentro do lago de fogo.” 1João 5:11-12 diz: “E o testemunho é este: que Deus nos deu a vida eterna; e esta vida está no seu Filho. Aquele que tem o Filho tem a vida; aquele que não tem o Filho de Deus não tem a vida.” A última instrução de Jesus foi em Marcos 15:16. Em Mateus 8:14-17 Jesus libertou pessoas e curou os doentes, Jesus ressuscitou dentre os mortos, Ele está vivo e hoje Ele continua libertando e curando a todos o que creem. Em Romanos 10:8-10,14-15 vemos claramente a importância de confessarmos nossa fé. Ap. Eliezer

TEMA: JESUS, O REI DE TODA TERRA

 “E o SENHOR será REI sobre toda a terra; naquele dia, um será o SENHOR, e um será o seu nome.” (Zacarias 14:9) Nossa proposta é te lembrar que Jesus será entronizado Rei da sua vida! Queremos impetrar Jesus como Amigo, Companheiro, Salvador, Redentor, Protetor, Galardoador. Mostrar um relacionamento amistoso com Ele é bonito, simpático e até mesmo “invejável”, pois manter uma boa amizade íntima com o Senhor deve ser muito bom e, na verdade, o é. Fomos “diligentemente” doutrinados pela bíblia para exercer o maior respeito à santidade dEle e dar louvores ao Seu Nome. E não se louva quem não merece, e não se adora quem não é Deus. Nós chamamos a Jesus de Senhor. E não pode ser de outra maneira menor que essa, pois estamos em um processo e seremos treinados para chamá-lO de majestade. Senhor, é assim que Ele é visto. Mesmo o termo Senhor – YAWÉH (hebraico), que pode ser Governo, ou Autoridade sobre o indivíduo ou geografia, já é algo muito forte. Ele é o Senhor! Esse respeito denota que estamos reconhecendo quem Ele, de fato, é e o que, verdadeiramente, Ele fez, e a relevância que devemos ter, porque Ele tem poder no Seu NOME. Ele é o Senhor! Vejamos o que diz Atos 2:37: “Ora saiba com certeza toda casa de Israel, a Jesus, o NAZARENO, a quem vocês crucificaram, Deus o Fez Senhor e Cristo.” (Atos 2:37) VAMOS ENTRONIZAR JESUS, O REI DE TODA A TERRA Vamos declarar! Digam TODOS: Jesus é o Rei de Toda Terra. Porém, entronizá-lO como Rei dos Reis é algo revelativo e muito grande sobre quem, de fato, nos governa. Não há outro como Ele, o Rei de todos e para todos. ABSOLUTAMENTE, Ele é o Rei! Maior que todos nesta terra é O Rei Jesus e se soubermos usar a intimidade que temos com Ele, colocaremos em prática todos os protocolos de honra e não deixaremos que a irreverência estrague o relacionamento, nem o desrespeito roube nossa bênção. E, claro, o que estiver na legalidade será concedido. Protocolos cumpridos, pedidos atendidos! De fato, quando a visão é Reino e eu tenho um Rei, não me comporto como qualquer pessoa, nem O abordo como se fosse um ser comum; é o Rei. A realeza não é tratada com desdém. Até porque o Reino não tem regras, tem protocolos, e nos protocolos existem honra, excelência e respeito. E essa boa conduta está rara neste mundo midiatizado. Quando Jesus voltar no milênio para tomar posse do território que conquistou, por direito de herança, aliança e redenção, Ele não será chamado apenas de Jesus, mas de Rei dos reis e Senhor dos senhores. Apocalipse 18:11-16: “E vi o céu aberto, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele chama-se Fiel e Verdadeiro; e julga e peleja com justiça. E os seus olhos eram como chama de fogo; e sobre a sua cabeça havia muitos diademas; e tinha um nome escrito, que ninguém sabia senão ele mesmo. E estava vestido de uma veste tingida em sangue; e o nome pelo qual se chama é A Palavra de Deus. E seguiam-no os exércitos no céu em cavalos brancos, e vestidos de linho fino, branco e puro. E da sua boca saía uma aguda espada, para ferir com ela as nações; e ele as regerá com vara de ferro; e ele mesmo é o que pisa o lagar do vinho do furor e da ira do Deus Todo-Poderoso. E no manto e na sua coxa tem escrito este nome: Rei dos reis, e Senhor dos senhores.” Jesus será entronizado como Rei dos reis, e todos os reinos virão e deporão suas coroas diante dEle, como farão os 24 anciãos. Vejamos Apocalipse 4:10,11; “Os vinte e quatro anciãos prostravam-se diante do que estava assentado sobre o trono, e adoravam o que vive para todo o sempre; e lançavam as suas coroas diante do trono, dizendo: Digno és, Senhor, de receber glória, e honra, e poder; porque tu criaste todas as coisas, e por tua vontade são e foram criadas.”. “E, todos os reis se prostrarão perante ele; todas as nações o servirão.” (Salmo 72:11) O que isso significa? Significa que Ele é quem Ele diz que é: Ele é Jesus! Isaías 9:6 diz: “Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o REINADO estará sobre os seus ombros, e se chamará o seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz.”. Ele é o que Sua Palavra diz que Ele é: Rei sobre os principados. Ele é quem gerencia, quem senhoreia, quem governa e quem reina. Significa que Ele fez o que deveria ser feito: Ele morreu por um propósito e pelo mesmo propósito ressuscitou!  Em Hebreus 12:2 diz: “Olhando fixamente para o Autor e Consumador da fé: Jesus, o qual, por causa do júbilo que lhe fora proposto, suportou a cruz, desprezando a vergonha, e assentou-se à direita do trono de Deus.” Significa que Ele tem o que ninguém tem: O Nome que está acima de todo nome! Filipenses 2:9-11: “Por isso, também Deus o exaltou soberanamente, e lhe deu um nome que é sobre todo o nome; para que ao nome de Jesus se dobre todo o joelho dos que estão nos céus, e na terra, e debaixo da terra. E toda a língua confesse que Jesus Cristo é o Senhor, para glória de Deus Pai.” Significa que Ele deu o que ninguém poderia dar: A Sua própria vida! Em João 15:13: “Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos.” Significa que Ele fará o que ninguém conseguirá fazer: Buscar Seus filhos! Em João 14:3 Jesus prometeu: “E, quando Eu for e tiver preparado um lugar, virei de novo e aqui é levarei vocês para mim, a fim de que, onde Eu estiver, vocês estejam juntamente comigo.” Quando reconhecida a magnitude do Senhor Jesus e o poder que existe quando Seu …

TEMA: JESUS, O REI DE TODA TERRA Leia mais »

Entrando na Terra da Promessa

Josué 1.1-9 Na nossa vida temos muitos desafios, seja na família, na fé, na fidelidade, no ministério, no trabalho etc., precisamos crer e perseverar, cumprir princípios firmados na fé e atravessar o Jordão, ou seja, tomar posse da promessa do Senhor que foi dada a Abraão e acessada por nós através do Senhor Jesus (Romanos 8:17; Gálatas 3:26-29) O povo de Israel tinha apenas um obstáculo para entrar na Terra Prometida, atravessar o rio Jordão, que separava o deserto de Canaã.  Em Cristo temos uma terra da promessa espiritual (o Céu) e física (esta vida na terra). Este ano de 2022 vem recheada de um decreto de que entraremos no Território da Promessa, devemos entrar e possuí-la, conquistá-la. Deus deu a Israel a terra prometida que manava leite e mel, terra de campinas, ribeiros, figos, romãs, tâmaras, uvas, oliveiras, trigos e cevadas, a condição para receber é a obediência! (Deut. 8:6-9) A promessa foi feita por Deus, para isso, por eles estarem num mundo físico e com poder de decisão, havendo inimigos físicos e espirituais, Deus estabeleceu leis, decretos e mandamentos que uma vez obedecidos, os inimigos ficariam paralisados e os céus estariam abertos, anjos enviados e o poder de Deus operando para que eles pudessem tomar posse! Em tudo eles foram restituídos nas perdas! É tempo de restituição, porque Deus é Deus que abre portas que ninguém fecha, e fecha portas que ninguém abre. Na vida atravessamos desertos, enfrentamos lutas, tentações, batalhas e passamos por tantos perigos, mas precisamos aprender que há tempos de festa, mas também de lutas. Sempre haverá nesta terra dias de celebração, mas também de trabalho, esforço, renúncia, obediência e atitudes de fé e fidelidade! Assim como o povo de Israel, chegou o momento de atravessarmos o Jordão. Há uma terra da promessa para ser conquistada, existem inimigos espirituais e naturais para serem vencidos. É tempo de vivermos as promessas de Deus para nossa vida tomando posse pela fé, “não acredito em uma fé passiva, acomodada, natural, pois fé esta aliada com atitudes, ação, coragem, prática, fidelidade, semeadura…”  Temos nutrido muitos sonhos há anos, mas chegou a hora de cruzarmos o nosso Jordão e entrarmos no território da promessa, aqui e agora. A nossa Canaã espiritual, o território da promessa eterna no Céu já está garantida, é só permanecermos firmes em Cristo, praticando a Sua Palavra, integrados no Seu reino que um dia Jesus voltará para nos buscar, assim cruzaremos o Jordão que nos separa da vida eterna no céu, enquanto esse dia não chega, precisamos tomar possa da conquista realizada por Jesus na sua morte e ressurreição…! Como fazer para atravessar o Jordão que nos separa das bênçãos prometidas em Cristo nesta vida? 1. Precisamos tirar os olhos da crise e saber que Deus está no controle daqueles que são fieis, saiba que reis e nações passam, mas Deus continua no trono e no controle de todas as coisas. Quando somos fiéis a Deus, quando praticamos princípios de fé, fidelidade e honra; as crises no casamento, na família, no trabalho, nas finanças, na empresa e no relacionamento com os filhos e tantas outras coisas que nos são obstáculos, são e sempre serão vencidas! O povo de Israel, no deserto, foram surpreendidos com a morte do líder Moisés antes de entrarem na Terra prometida e uma crise se instalou em meio ao povo. Mas Deus estava no trono para aqueles que confiaram e perseveraram em seguir a Deus através do líder que Ele colocou, a crise passou e a promessa não foi frustrada. 2. Deus continua no trono. Ele é o mesmo ontem, hoje e para sempre. Toda situação que estivermos vivendo não vai durar para sempre; a crise que veio por causa desta pandemia já está passando e ela não vai te afetar e nem te destruir. 3. Precisamos assumir o nosso papel de povo escolhido por Deus e sabermos que é hora de tirarmos os nossos olhos da crise e atravessarmos o rio, tomar posse do Território da promessa. Cruzar o Jordão e conquistar as bênçãos do Senhor para nós é uma questão de fé, fidelidade e ação.  Nossa confiança precisa estar no Senhor, a vitória não vem por meio dos homens, mas de Deus. Precisamos sair do deserto e colocar nossos olhos em novos desafios. Vamos fazer coisas novas para vivermos novidades da parte de Deus! Vamos fazer a nossa parte orando, semeando, profetizando, frutificando, ganhando vidas para Jesus, consolidando, discipulando, enviando e falando em linha com Deus! O que é impossível para o homem é possível para Deus. O Senhor pode realizar os nossos sonhos, então reconheça que Deus está no controle, coloque sua confiança no Senhor, tenha fé para atravessar os obstáculos à sua frente (o Jordão), aja agora com fé e perseverança. 4. Saiba que a vitória sempre virá do Senhor, entenda a vontade de Deus para sua vida e caminhe com um propósito integrado na igreja pelas gerações de doze, através das células, redes. Seja forte e corajoso, tenha bom ânimo em fazer segundo tudo o que a Palavra de Deus orienta. À nossa volta neste mundo há crises, a sociedade caminha na contramão de Deus e está sendo destruída, mas Deus nos faz promessas de que venceremos todas as coisas e seremos canais para que esta sociedade perdida conheça a verdade e muitos deles sejam salvos e abençoados como nós. É tempo de nos levantarmos e obedecermos, de experimentarmos os milagres de Deus, porque, quando agimos em nome de Jesus e para a glória de Deus, atravessamos o Jordão e saímos do outro lado com nossos sonhos realizados. 2022 é o ano de entrarmos no território da promessa! Não deixe de ganhar vidas, de fazer discípulos, de também entregar seus dízimos, ofertas e primícias de 2021 antes da virada de ciclo, cumpra seus votos de 2021 antes da meia noite e entre no novo ano colocando diante de Deus seus pedidos, sonhos e projetos selando com uma semente! DECRETO DE JANEIRO Se Meu povo fosse atento …

Entrando na Terra da Promessa Leia mais »

Tenha bom ânimo

João 16:33 “Eu disse essas coisas para que em mim vocês tenham paz. Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo.” Por que Jesus nos alertou que neste mundo teremos aflições? … Tenha bom ânimo. Essa é a instrução dada por Jesus, ela tem muita relevância nesses tempos difíceis que estamos enfrentando. Sem a fé viva e ativada na Palavra de Deus, não teríamos condições espirituais e emocionais de ministrar para nossa própria alma o ânimo, o Espírito Santo cumpre um papel fundamental aqui; Temos sido a cada dia assaltados por situações contrárias à nossa fé. Mas como seremos aprovados para entrar no novo de Deus, se não houver contrariedades que testem a nossa fé? Como Adão…, Abraão… O que precisamos fazer? Usar o poder do Espírito que está à nossa disposição pela fé, oração e confissão da esperança em Cristo. O poder do Espírito já está pela fé atuando em nós, nEle seremos completos nos resultados esperados. Tudo que precisamos é potencializar o Fruto do Espírito nas nossas vidas. Em Gálatas 5:22 diz: “Mas o fruto do Espírito é amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra essas coisas não há lei.” (Não é automático, mas está a disposição) A doutrina do bom ânimo no Novo Testamento, foi uma orientação e instrução de Jesus (Uma ideia divina). Ele disse para os que estavam intranquilos, que todos poderiam receber uma dose do poder que nEle operava, um ânimo novo. Jesus vivia em um contexto no qual tudo tinha uma guerra, não era ideológica, era espiritual, pois Ele era uma ameaça ao reino das trevas. Jesus era e é o Autor da paz, e esse legado já deixou com a Igreja. Jesus disse em João 14:27 “Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize.” Qual a lição que aprendemos aqui: “NÃO FIQUEM PERTURBADOS!” Então, quem tem o Autor da paz na sua vida e o Protagonista do bom ânimo na sua direção, pode exercitar essa ferramenta de confiança: Aquele que nEle crer não será confundido. Essa é a forma do inimigo trabalhar, colocar confusão na mente das pessoas e tirar o propósito, a paz, a alegria embaçando a fé; se atingir a fé, enfraquece a perseverança… Tenha bom ânimo! O século geme e espera por referências que saibam exercitar a fé, pois o reino espiritual está fazendo a sua cobrança e neste tempo precisamos como cristãos e representantes do céu, ser a inspiração para esperança…, se você souber o quanto a vida de Deus em nós molda o caráter daqueles que nos observa, você não esconderia a sua luz. A ordem do Senhor é: Tenha bom ânimo, deixe a sua luz brilhar! Me submeterei à essa instrução. Tenhamos bom ânimo no tempo de guerra Precisamos administrar cada situação crítica firmados nas bases da palavra de Deus, firmados em seus princípios, pois desta forma, para cada ataque do adversário, sempre haverá um livramento do nosso Deus. O que precisamos é nos posicionar na fé em Cristo, para que o adversário não ganhe vantagem nem roube os milagres que estão confeccionados para cada um de nós. Se a palavra de ordem de Jesus é: “Tenha bom ânimo!”, eu vou obedecer, e confiar e ser ministrado nesse encorajamento. Amém? Eu gosto quando a Palavra nos ministra e pede posição de nós. Em Salmos 31:24 diz: “Sejam fortes e corajosos, todos vocês que esperam no Senhor!” Depois da salvação, não tem uma promessa mais poderosa do que essa, de sermos ministrados pelo Senhor para não perdermos o foco, nem sermos destruídos em meio à batalha. O bom ânimo não foi inventado por homem, foi um decreto vindo dos Céus. Fomos chamados para ter coragem! Em II Timóteo 1:7 diz: “Porque Deus não nos deu o espírito de medo, mas de fortaleza, e de amor, e de moderação.” Bem, o Senhor nos mostra que não podemos enfrentar o inimigo, nem nos queixar de que não temos armas adequadas. Em Joel 3:10, Ele diz: “Forjai espadas das vossas enxadas, e lanças das vossas foices; diga o fraco: Eu sou forte!” Ou seja: Vamos trabalhar, Vamos produzir, Vamos realizar, Vamos dar resultado, Vamos firmar nossa fé nas promessas de Deus, Vamos superar as dificuldades, Vamos parar de dar desculpas e avançar para o propósito. Temos armas adequadas para lutar! Vamos usar as armas que possuímos. Quais armas? A Espada do Espírito que é a Palavra de Deus, o nome de Jesus, a confissão da fé, o arrependimento, a oração, o jejum, a comunhão com o Deus e com os irmãos, a humildade, o sangue do Cordeiro e a autoridade em Cristo… Tenha bom ânimo! O conselho de Jesus não caducou. Ele disse: “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.” (João 16:33). Vocês precisam de bom ânimo neste tempo de aflição? Então se submetam à Palavra de Deus e sejam ministrados para entrarem em um novo tempo. Alguns podem até dizer: “Mas eu estou me sentindo fraco”. Deus mandou dizer: Diga ao fraco, EU sou Forte! Fonte: Ap. Renê Terra Nova. Esta palavra foi contextualizada para a nossa realidade com alguns acréscimos e pequenas mudanças. Amamos a sua vida! Ap. Eliezer   

Uma boa notícia

Apocalipse 20:11-15 Vivemos dias difíceis na terra, como houve antes, a terra já passou por muitas crises que vieram por causa do distanciamento do homem para com Deus, quanto mais longe a humanidade estiver de Deus, mas pecado haverá e consequentemente mais sofrimento! Jesus disse em Lucas 21:11 que haverá grandes terremotos, epidemias e fome antes da sua volta, esta pandemia é um sinal da volta da Jesus, é apenas o começo e ela em breve vai passar, outros sinais virão, mas aquele que perseverar firmes na fé, não serão abalados. Neste texto de Apocalipse 20 mostra que todos um dia estarão diante de Deus e darão contas dos seus atos, hoje existe muitas pessoas malignas torcendo a verdade e enganando a muitos, mas sabemos que a semeadura é opcional, mas a colheita é obrigatória. Por isso como cristãos devemos perseverar em semear boas sementes, fazendo boas obras, fazendo o bem, anunciando a esperança, a paz e a salvação que se estabelece pela fé em Jesus. Este texto de Apocalipse 20:14 e 15 fala que a morte e o inferno serão lançados para dentro do lago de fogo. Aqui fica claro da existência do inferno e do lago que fogo que está destinado para o diabo e a todos e a tudo que estiver ligado e relacionado com ele. No verso 15 diz que se alguém não foi achado escrito no livro da vida, será lançado no lago de fogo. Em Apocalipse 21: 1-7 mostra que há esperança para aqueles que creem, a morte não é o fim, mas a transição para a eternidade no céu com Deus nosso Pai. (Ler este texto) No verso 6 parte b Jesus diz: Eu, a quem te sede, darei de graça da fonte da água da vida. No evangelho de João 3:16 e 17 Jesus disse: Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, para que todo o que nele crê, não pereça, mas tenha a vida eterna. Porquanto Deus enviou o seu filho ao mundo, não para que julgasse o mundo, mas para que o mundo fosse salvo por ele. No evangelho de Lucas 10, Jesus envia 35 duplas para irem nas casas pregarem a salvação em seu nome, para curarem os enfermos e expulsarem os demônios. No versículo 17 diz que aqueles setenta discípulos voltarem depois de um longo tempo possuídos de grande alegria, pelo fato dos demônios se submeterem ao nome de Jesus. (muitas pessoas foram libertas…) Lucas 10:16-20 diz: Portanto, qualquer pessoa que vos der ouvidos, a mim está dando ouvidos; mas aquele que vos rejeitar, estará rejeitando a mim mesmo; e quem me rejeitar, rejeita Aquele que me enviou”. Então, os setenta discípulos retornaram muito felizes e relataram: “Senhor! Até os demônios se submetem ao nosso comando, em teu Nome”.  Ao que Jesus lhes revelou: “Eu vi Satanás caindo do céu como relâmpago. Atentai! Eu vos tenho dado autoridade para pisardes serpentes e escorpiões, assim como sobre todo o poder do inimigo, e nada nem ninguém vos fará qualquer mal. Contudo, regozijai-vos, não apenas porque os espíritos vos obedecem, mas sim porque os vossos nomes estão inscritos nos céus”. Em Romanos 10:8 -10, 13-15. Tudo e todos nesta vida passa, mas aquele que crê em Jesus nunca passará, mas permanecerá para sempre, pois terá o seu nome inscrito no livro da vida! A salvação é a maior conquista que alguém pode alcançar nesta vida, o resto é resultado da fé e fidelidade. Amém! Se você crê e quer receber esta salvação em Cristo venha nos visitar ou entre em contato que visitaremos você. 

Você sabe quem abriu o telhado?

Marcos 2.1-12 Este texto de Marcos registra uma de minhas passagens preferidas da Bíblia quando se trata de vida cristã, liderança e propósito. Após uma jornada impactante, Jesus retorna para Cafarnaum e logo se espalhou a notícia de que o mestre estava em casa. Como você sabe, a multidão logo se apressou para procurá-lo e a casa de Jesus ficou cheia de pessoas. Por onde Jesus passava havia cura e muitos sinais. Isso não era novidade para ninguém! Todavia, o que muitos não esperavam, era ver quatro amigos trazendo um paralítico para ter um encontro com Jesus e ser curado. 1. Aquele paralitico tinha amigos, pessoas que se importavam com ele, era um protótipo de uma célula que tem o papel de levar pessoas até Jesus, de se esforçar para cuidar das vidas. 2. Aqueles amigos tinham convicção e fé e superaram todos os obstáculos: Ao chegar à casa de Jesus, eles observaram que seria impossível chegar até o mestre através das portas e janelas, pois a multidão não iria deixar. O que eles fizeram? Eles abriram um “buraco” no telhado e passaram o paralítico por cima até colocá-lo em frente de Jesus. Vendo a fé que os quatro amigos tinham, Jesus disse: “Filho, os seus pecados estão perdoados”. (Marcos 2.5). Queridos, alguém aqui saberia me informar quem são estes quatro homens que proporcionaram esta linda história de sucesso? Você saberia me informar onde moravam aqueles homens? Você saberia me informar qual foi à recompensa que aqueles amigos tiveram por levar aquele paralítico ao encontro de Jesus? Você saberia me informar o nome de cada um deles? Assim como aqueles homens, em nossa geração, principalmente numa igreja celular onde há centenas de líderes de células, discípulos que diariamente dedicam sua vida para levar pessoas ao encontro de Jesus. Homens e mulheres que estão no anonimato, e que muitas pessoas não sabem nada a respeito deles. Estes discípulos líderes são motivados pela consciência de fazerem o que é o certo, mesmo que não tenham nenhuma recompensa humana ou nenhum elogio ou qualquer reconhecimento humano. A satisfação destes discípulos que constantemente são usados por Deus, é unicamente a de estarem sendo observados por Jesus. A bíblia é muito clara “Vendo a fé que eles tinham”, ou seja: Jesus ficou impressionado com a atitude daqueles homens, estes eram amigos de verdade. Quem abriu o buraco no telhado? Talvez, você também já abriu buracos para que pessoas pudessem ter um encontro com Jesus. Talvez, você é um destes discípulos que fazem por amor a Jesus e ao seu próximo e não espera reconhecimento humano. Talvez, você constantemente tem exercido a sua fé permanecendo fiel ao seu chamado mesmo diante das mais severas dificuldades. Talvez você é este discípulo que decidiu exercer liderança para ampliar ou simplesmente se uniu ao seu líder para ajuda-lo nesta linda missão. Talvez você seja este discípulo que se integrou em uma das redes da igreja para ajudar a levar pessoas até Jesus fazendo buracos em telhados, se esforçando para fazer o seu melhor sem se preocupar com reconhecimento humano. No Brasil e nações da terra, há centenas de líderes que constantemente aparecem na mídia e são reconhecidos pelas “grandes obras que impressionam pela quantidade, e isso é muito bom! Entretanto, há milhares de discípulos que estão abrindo buracos pelas casas, levando pessoas até ao encontro de Jesus, e que não são reconhecidos pela mídia. Todavia, o que isso importa? Jesus está olhando a fé destes homens e mulheres e, um dia, eles serão reconhecidos pelo próprio mestre, assim como foram àqueles amigos que se esforçaram movidos pela fé para salvar e cuidar de alguém. Se você tem passado pessoas pelos “telhados”, com certeza, Jesus está te olhando. Fica aqui meu respeito e admiração: “O Reino de Deus avança, por meio de pessoas com pouco ou muitos talentos, que fazem pequenos trabalho na igreja e fora dela para um grande e Poderoso Deus” Lembre-se: Sua recompensa não está limitada aqui na terra, seu reconhecimento não virá apenas de homens, mas principalmente de Deus em Cristo Jesus, nosso Senhor e Salvador. Deus o abençoe!

Homem de verdade I Rs 2:2 / Êx 18:21-22

Características do homem que Deus levanta 1. Coragem (I Rs 2:2 – sê homem!): • É comum aos homens fugirem diante das pressões (Adão). • Exemplo: Moisés no deserto apascentando ovelhas Êx 3:1,11. • Exemplo: Pedro em Jo 21:3 voltou a pescar.• Muitos vão pescar, ficam assistindo series no Netflix, se escondem em suas casas e inventam o maior número possível de entretenimento para fugir de suas responsabilidades diante de Deus, família e sociedade. • Quem é o corajoso? Corajoso é quele que vê a dificuldade e a enfrenta. 2. Homens capazes (v.21): • Isso esta relacionado a força, poder e eficiência. Deus não usa covardes! Quem é o covarde? É aquele que vê a dificuldade e foge. • Homens capazes são àqueles que buscam crescimento, se instrumentalizam aprendendo coisas novas e buscam ser excelentes naquilo que fazem. • Homens capazes buscam capacitação em Deus, pois Deus quer levantar homens que creem que toda suficiência vem de dEle (II Co 9:8). 3. Tementes a Deus (v.21): • O que é temer a Deus? Primeiro é ter fé e fidelidade; Segundo é ter consciência de que Deus disciplina seus filhos, se escolherem não andar em seus caminhos. Gn 31:53 • Quem é que não tem temor? Aquele que sabe o que deve ser feito e não faz (prevaricar), ou faz aquilo que não deve ser feito (presunção). Lc 12:47-48 • A quem devemos temer? Mt 10:28 4. Homens de verdade (v.21): • O que significa homens de verdade? Homens firmes, fieis, estáveis, constantes e que tenha credibilidade. • Muitos tem abandonado sua posição dentro de seus lares, trabalhos e igreja, com a esculpa: quero evitar discussões e confrontos com a minha esposa e com os líderes da Igreja. • Não quero estimular discussões e confrontos. Mas ao governar minha casa, família e exercer minha liderança na igreja essas coisas acontecerão, e eu não posso fugir delas. • Foi Deus quem criou o homem de verdade, e o comissionou para: dominar (governo), sujeitar (autoridade) e cultivar (produtividade). 5. Que aborreçam a avareza (v.21): • Avareza é ganho injusto. E isso acontece quando você deixa de dar a alguém o que é justo.– Patrões avarentos visam somente o seu próprio lucro (quanto menos pagar aos empregados mais sobra para mim!).– Empregados avarentos fazem só pelo dinheiro (eu quero emprego e não trabalho). – O avarento na igreja quer, seu casamento sendo acompanhado, seus filhos sendo acompanhado, mas quando fala de fidelidade nos dízimos seu lema é: já tem muita gente dizimando e a igreja não precisa do meu, ou pra que tanto dinheiro, este pastor deve estar roubando. • Precisamos entender duas coisas: – Fidelidade é para com Deus nos dízimos. – Generosidade é para com as ofertas, para uma colheita abundante. • Homens que Deus levanta tem que ter estas marcas. Isso é aborrecer a avareza (I Tm 6:17-19) (2 Co 9:5). 6. Põe-nos sobre eles por chefes de mil, cem, cinquenta e dez (v.21): • Liderança é algo para o qual Deus criou o homem, aqueles que fogem estão fora do propósito de Deus. • Liderar deveria ser algo espontâneo ao homem. – No Éden Deus deu ao homem esta incumbência de governar, liderar e administrar (Gn 1:26).– No Tabernáculo Deus ordenou aos homens o serviço (Êx 28:1,3).– Na Igreja no N.T. a ordem é a mesma (At 6:1-3 / I Tm 2:8). • Muitos veem isso como algo machista e autoritário, mas não é! Os bons governantes não são os machistas e autoritários e sim os sábios, amorosos e generosos. • Não estamos ensinando que não há lugar para as mulheres na igreja, pelo contrário, elas são  fundamentais, mas isso não nos isenta no nosso papel. 7. Para que julguem este povo a todo o tempo (v.22): • O homem que Deus levanta é um resolvedor de problemas. • Julgar significa: decidir controvérsias. • Estamos sendo treinados para julgar o mundo e os anjos (I Co 6:1-8). • Não podemos fugir da responsabilidade de resolver as causas pequenas que há entre os irmãos, fomos levantados para dar suporte aos Apóstolos, pastores e líderes. • Fomos chamados para remover o fermento da discórdia e divisão que há no meio do povo. E não para botar panos quentes nas situações. 8. E eles levarão a carga contigo (v.22): • O grande problema de muitos homens no reino de Deus é não ter tempo para Deus. – Mentalidade do ocupado demais: Deus sempre chamou os ocupados, ele não chama pessoas desocupadas. • Se nós queremos avançar na obra a qual Deus nos chamou, não podemos ficar parados. • Hoje o Senhor te chama para juntos tomarmos esta responsabilidade de edificarmos sua igreja e expandirmos o Seu reino na terra, fazendo isso como homens de verdade, homens de honra que governa a partir do seu território fazendo diferença nesta geração. Fonte: Palavra ministrada pelo Ap.Eliezer F.Moreira – @apeliezeriacc12 na Rede de Homens IACC

Construindo um memoriais

Atos 10:4 Atemorizado, Cornélio olhou para ele e perguntou: “Que é, Senhor? ” O anjo respondeu: “Suas orações e suas boas obras subiram para memória diante de Deus. O que leva a Deus enviar um anjo a um homem que não era judeu e nem cristão? Simples: O Céu se moveu por causa do memorial que ele construiu. Memoriais construídos diante de Deus gera um legado que escraviza futuro. Duas situações acontecem nestes dias: Muitos por falta de conhecimento ou falta de fé, estão sofrendo por causa de uma crise; Mas nós que estamos aqui podemos construir memoriais que nos arrancará da crise gerando um futuro seguro em Deus! Em Hebreus 11:4 diz: Pela fé Abel ofereceu a Deus o mais excelente sacrifício do que Caim; …tendo aprovação de Deus quanto às suas ofertas. Por meio dela, mesmo depois de morto, ainda fala. (Se tornou memorial, não morre mais diante de Deus…). Olha o que diz Malaquias 3.16,18: Então aqueles que temiam e amavam ao Senhor falaram uns aos outros; e o Senhor atentou e ouviu, e um memorial foi escrito diante dele, para os que temiam ao Senhor, e para os que se lembravam do seu nome. Então vereis outra vez a diferença entre o justo e o ímpio; entre o que serve a Deus, e o que o não serve. Veja isso: Quanto ao problema do sofrimento do justo e da prosperidade do injusto, a resposta é que Deus tem um Memorial onde estão arrolados os que lhe são fiéis, aqueles que honram o seu nome com a prática sistemática dos seus princípios, é aí que todos verão a diferença…! Em Isaías 38:3 o rei Ezequias quando recebe a noticia que iria morrer diz a Deus: Lembra-te de como andei em fidelidade para contigo. (Memorial). Havia um memorial de que ele era fiel, reto e integro de coração, então Deus lhe acrescentou mais 15 anos de vida. Em Números 31:48,51-54 diz que esta oferta foi colocada na tenda da congregação como memorial para que o Senhor se lembrasse para os abençoar com legitimidade…! Em Filipenses 4:17, Vejam o que o Apóstolo Paulo está dizendo neste texto: Não que eu esteja procurando ofertas, mas sim o fruto que gerará crédito na conta de vocês. Crédito fala de direitos que não será esquecido, pois estará na memória de Deus!  Em Isaias 62:6 diz: Sobre os teus muros, ó Jerusalém, pus guardas, que todo dia e toda noite jamais se calarão; vós os que fareis LEMBRADO o Senhor, não descanseis… Salomão depois de uma guerra civil, logo que assume o trono, oferece 1000 bois a Deus e vai dormir, Deus lhe aparece e diz: pede o que quiser e eu te darei. (Ele havia construído um memorial). Hoje é dia de construirmos memoriais diante de Deus, para legitimarmos nossas conquistas! não perca esta oportunidade! Ap. Eliezer

Unidade é a proposta do Cristo para Seu Reino

João 17:15-21 A unidade vai muito além de unir povos e nações em torno de um único pensamento. A unidade é muito mais ampliada e vai além de nós, começa no céu unindo e ligando aos que creem em Jesus, trazendo esta unidade na família e igreja. Primeiro; a unidade para alcançar os seus objetivos e se estender em todas as áreas, precisa começar em nós de forma individual, particular, no nosso interior. Somos formados de três partes e estas precisam estar alinhadas com o Espírito Santo, para que o querer dEle também seja o meu e assim sermos um com Cristo e com o nosso Deus e Pai. Segundo; esta unidade precisa refletir na família e ela deve começar no casamento para refletir nos filhos, estamos vivendo dias de Elias e nestes dias o Espírito de Deus vai se mover para que o coração dos pais se converta aos filhos e os filhos aos pais. Isso significa que vai haver arrependimento, mudança, respeito, perdão, gratidão, valorização, ensino e temor do Senhor. Terceiro; esta unidade precisa refletir na igreja, primeiro começa na igreja local, internamente, para depois refletir no geral… Nós da visão celular M12 precisamos nos esforçar para que esta unidade seja praticada por cada um de nós sistematicamente. Somos a família IACC, formada por doze gerações. Assim como Deus estabeleceu Israel formada por doze tribos, elas tinham estandartes e cores diferentes para serem identificadas, juntas elas eram Israel e enquanto houve unidade, Israel era invencível. Até a base do altar de Deus era formado por doze pedras, doze é um fundamento que gera equilíbrio, crescimento e estabilidade! Após a morte de Salomão, seu filho Roboão assumiu o trono, mas devido ao descontentamento em relação aos impostos, as 10 tribos do Norte separam-se e proclamaram Jeroboão como seu rei.  Israel foi dividido entre o Reino de Israel (ao Norte com capital em Siquém, Samaria) e o Reino de Judá (ao Sul com capital em Jerusalém). Eles se tornaram inimigos e até houve guerra entre eles, a partir dali, Israel foi levada cativo várias vezes. Mas esta divisão veio por causa do pecado de Salomão (I Rs 11:1-13). (A consequência da idolatria) Jesus orou por unidade da igreja com Ele, assim como Ele e Deus são um, e também pediu para que aqui na terra fossemos um. Esta unidade que acontece no céu é para os que respeitam a fé em Jesus, como eu disse anteriormente, ela começa na vida pessoal, entre mim e Deus, depois família e igreja como corpo na terra. Por isso, a nossa casa tem que ser a maior sede de unidade, pois se nós somos um com Cristo em casa, isso vai refletir na igreja e nação. A palavra de Jesus é para que o Pai Celestial não nos tirasse do mundo, mas nos livrasse do mal, porque a unidade é a proposta do Reino de Deus, esta unidade nos protege e nos projeta para o futuro seguro nEle. Jesus, nosso maior exemplo de Líder, mostrou que a nossa comunhão com Ele tem que promover a unidade por onde passarmos. Isso depende da experiência do sobrenatural que temos com o Pai celeste. Observe que JESUS pediu para Deus nosso Pai nos santificar com a verdade que é a Sua Palavra, então a verdade que liberta tem um manto de santificação que precisamos para que, como Igreja de Cristo, vivamos a unidade na terra e no céu, para que possamos crescer de forma extraordinária. É assim que conquistaremos e abençoaremos o Brasil e as nações da Terra. As pessoas que se aproximarem de nós têm que encontrar em nós a vida de Deus, sabemos que Jesus Cristo é a resposta para os anseios do coração humano… Jesus pediu ao Pai para que todos aqueles que nEle creem, não saíssem do mundo antes da hora, mas vivessem aqui fazendo a diferença, assim como Ele fez diferença na vida das pessoas e mudou história e históricos, não só na sua época, mas em todos os tempos, assim devemos fazer. Jesus orou pedindo a Deus que enviassem ao mundo àqueles que cressem no seu nome, da mesma forma que Ele foi enviado, com a mesma missão, pois quem crê em Jesus e o recebe como Senhor e Salvador nasce de novo, se torna um filho herdeiro de Deus recebendo poder e autoridade… No versículo 20 Jesus ora e pede a mesma coisa para todos que por intermédio da Sua Palavra iriam crer nEle, não somente os seus doze discípulos…, mas todos que no futuro fossem alcançados pela sua Palavra de salvação. Estes somos nós, recebemos a mesma unção, poder, autoridade e missão… No versículo 21 Jesus disse que a finalidade da salvação e libertação pela pregação da Palavra da verdade, é para que todos sejam um, da mesma forma que Ele é um com Deus Pai, sejamos um com Eles, Deus Pai, Jesus o Messias, o Espírito Santo e nós… A unidade bíblica da igreja só tem sentido se for unida com o céu… Ele quer que sejamos um na nossa casa, como igreja e juntos sermos um com Ele, o propósito é a terra e o céu ligados através daqueles que creem, unidos, comprometidos, aliançados para que o Reino do Céu venha e seja feita a vontade de Deus na terra como é no céu. Seja uma bênção que se move na Terra, sendo resiliente resolvendo problemas e não causando problemas por onde passar. Você é um agente do céu, você é um agente da unidade! Jesus enquanto na terra, anunciou com todas as suas forças que o Reino do Céu era chegado e que todo aquele que nEle cresse seria salvo, nasceria de novo e entraria para o Seu reino, reino de vida, poder, alegria…! Apelo…