Menu fechado

Nos momentos difíceis, precisamos ser fortes e corajosos

2 Coríntios 4:5-18

Jesus nunca disse a seus discípulos que a vida neste mundo seria fácil, ao contrário, os advertiu que, enquanto estivessem no mundo teriam aflições.

Conforme a palavra do Senhor, estamos vivendo dias angustiosos, marcados por medo, incertezas, injustiças, mortes de pessoas queridas, e por uma ação velada das trevas, que tenta calar e paralisar a igreja de Cristo.

Não há, porém, como isto acontecer, principalmente se nós cristãos entendermos o que diz o Ap. Paulo no vs. 5: Porque não pregamos a nós mesmos, mas a Cristo Jesus como Senhor. Não vivemos ou pregamos por nossa própria vontade ou força, mas sim pela vontade e pela força dAquele que é o Senhor absoluto do Céu e da Terra.

Somos homens e mulheres espirituais, mas por termos uma alma, quando vem as guerras, podemos nos enfraquecer, deprimir e até pensar em desistir. O texto acima, no vs. 7, diz: que a luz e a glória de Deus, foram colocadas em vasos de barro, para que a excelência do poder, seja de Deus, e não de nós.

Nossas falhas e fraquezas humanas, servem para que não nos ensoberbeçamos, e a glória de tudo o que de bom ocorrer conosco, ou por meio de nós, continue glorificando exclusivamente a Deus.

O que devemos lembrar nos momentos difíceis, é que apesar de sermos vasos de barro, enquanto crermos em Cristo, a glória dEle sempre estará em nós, ela não nos pertence, mas está em nós e é poderosa para nos fazer ressurgir, resistir, lutar e vencer todas as crises.

Precisamos manter bem firme a convicção de que, não somos pessoas comuns, temos em todas e quaisquer circunstâncias, a vida e o poder de Deus operando em nós, e isto é o que nos permitirá vencermos o dia mau.

Em Josué capítulo 1 e versículos 5 e 6, o Senhor fala a Josué, quando este achava-se diante de um grande desafio. Deus disse: Ninguém te poderá resistir todos os dias da tua vida, como fui com Moisés, assim serei contigo, não te deixarei, nem te desampararei. Sê forte e corajoso, porque tu farás este povo herdar a terra que, sob juramento, prometi dar a seus pais.

Por estar agora sem seu líder (Moisés acabara de morrer) e diante dos grandes desafios da Terra Prometida, Josué sentiu-se inseguro, e então o Senhor se apresenta para fortalecê-lo na fé.

Para que tenhamos êxito frente aos desafios que nos são proporcionados pela vida, tudo é uma questão de como nos posicionamos na fé.

Nos momentos de crise, alguns cristãos se esquecem das promessas, abandonam suas posições e retrocedem na prática da fé, (estes são derrotados), mas há também aqueles, que nestes momentos se sentem desafiados, e fazem da sua fé um poderoso escudo contra todas as adversidades (estes são os que darão o testemunho de vitória).

A Bíblia deixa bem claro, que a nossa fé em Cristo tem o poder de nos fazer invencíveis, nos momentos de tributações. Veja o que diz o Ap. Paulo nos versículos 8 e 9: Em tudo somos atribulados, porém não angustiados, (paz) perplexos, porém não desanimados, (fé) perseguidos, porém não desamparados, (proteção) abatidos, porém não destruídos, (livramento).

Isto também quer dizer que, nada, nem ninguém, pode parar o mover do Espírito de Deus através da sua igreja.

Os versículos 10 e 11 nos falam sobre levarmos o morrer de Jesus em nosso corpo, como um elemento precursor da manifestação da vida de Deus em nós. Este milagre ocorre, quando tomamos a sábia decisão, de renunciar a nossa vontade humana, para que a boa, perfeita e agradável vontade de Deus se cumpra em nós, e também naqueles que estão ao nosso redor.

Outro fator que nos traz invencibilidade, é estarmos vinculados ao propósito de Deus para nós, como nos revela o versículo 12: De modo que, em nós, opera a morte, mas em vós, a vida.

É o sacrifício do nosso projeto humano, que quando feito por amor, dá lugar ao propósito divino, através do qual muitas vidas são salvas. Alguém imergido no propósito de salvar vidas, está também plenamente guardado e respaldado por Deus, até que o propósito se cumpra.

Desde o início da Visão, fomos marcados por uma frase: Um homem é imortal, enquanto Deus tiver propósito para ele na Terra

No versículo 13 o Apóstolo Paulo diz: Tendo, porém, o mesmo espírito da fé, como está escrito: Eu cri, por isso, é que falei. Também nós cremos, por isso, também falamos.

Justamente porque os dias são difíceis e apocalípticos, fortaleçamos nEle a nossa fé, e oremos para que o Senhor nos dê oportunidades e unção para falarmos do Amor de Cristo, o único protocolo eficaz contra todas as dores que o mundo está sofrendo.

Que nestes tempos adversos, o Poder do Altíssimo se multiplique em vocês, lhes sujeitando assim, todos os poderes e circunstâncias ENDJ.

Amamos vocês.

Aps. Fábio e Claudia A. Abbud; Aps Eliezer e Zenita Moreira

Imprimir
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta