Menu fechado

Gerando caráter com qualidade

Atos 12.1-3,19-23

Vamos hoje avaliar o caráter de dois líderes da bíblia e aprender com eles: O rei Herodes e Daniel.

Herodes teve falta de um caráter reto e, por isso, perdeu tudo. O ego dirigia a vida do rei Herodes dos dias da igreja primitiva, do mesmo jeito que havia guiado seu pai e seu avô. Todos eles tinham uma irremediável falta de caráter. Herodes era o sobrenome da família de reis que sustentava o poder com a permissão do Império Romano. Herodes, o Grande, governou nos dias do nascimento de Jesus. Foi ele que mandou matar todos os meninos de até dois anos em Belém. Herodes Antipas foi quem ordenou a decapitação de João Batista. O Herodes de Atos 12 é Herodes Agripa I, o neto de Herodes, o Grande.

A falta de caráter reto e de humildade de Herodes nos dá muitos exemplos a respeito do que não se deve fazer como líder. Vejamos:

  1. Ele maltratava seus próprios cidadãos (v. 1) Ele ordenou injustamente a prisão de cristãos judeus, a fim de castigá-los.
  1. Ele executou pessoas inocentes (v. 2). Ele mandou matar Tiago à espada, embora Tiago não tivesse cometido crime algum.
  1. Ele tomou decisões, preocupado com sua popularidade (v. 3). Quando ele percebeu que os judeus ficaram satisfeitos com a morte de Tiago, mandou colocar Pedro na prisão também.
  1. Ele agia de modo irracional em tempos de dificuldade (v. 19). Ele mandou matar todos os 16 guardas que cuidavam da prisão no dia em que Pedro fugiu de lá.
  1. Ele alimentou ódio por outros (v. 20). Ele permaneceu irado contra grupos étnicos de fora e procurou meios de subjugá-los.
  1. 6. Ele procurou poder para compensar sua insegurança (v. 20). Ele gostava de controlar os outros e, especialmente, apreciava bastante poder ter pessoas dependendo de sua misericórdia.
  1. 7. Ele projetava a imagem de ser infalível (vs. 21-22). Ele amava vestir sua roupa real e ser reverenciado.
  1. Ele se deixava cegar pelo seu ego (v. 23). Ele vivia em um mundo irreal e não conseguia ver que seu ego estava sabotando sua liderança.

Como poderemos evitar as armadilhas de uma liderança como a de Herodes? A fim de aperfeiçoarmos nosso caráter e construirmos uma base sólida para a nossa liderança, devemos:

1. Procurar nossas falhas. Precisamos prestar atenção às principais áreas de nossa vida (Exemplo). Identifique quais são os pontos fracos ou em quais delas você costuma tomar atalhos.

2 Buscar Mentoria. Os planos fracassam por falta de conselhos – (Pv 15:22). O mundo mudou. Não basta bonificar. Agora, o sonho do funcionário deve estar atrelado ao propósito da empresa. Assim ambos estarão realizados. Isso não será possível sem mentoria, sem discipulado, sem conselhos, direção, sem mostrar caminhos, corrigir rotas ou admoestar alguém. É assim na igreja. O mentor pode nos ajudar a diagnosticar falhas de caráter.

3. Procurar parceiros. Parceiros e companheiros mais experientes ou que estão tendo êxito, podem nos ajudar a diagnosticar as falhas na prática da nossa liderança ou no lidar com pessoas, podem no dar ideias e de como conseguiu venceu um obstáculo.

4. Encarar a realidade. O reparo das falhas de caráter inicia quando encaramos nossas fraquezas e reconhecemos as áreas em que nos enganamos ou erramos.

5. Permanecer pronto para aprender e rever as coisas. Enfrente o passado e crie um plano para se fortalecer internamente.

Vejamos um exemplo positivo de caráter. (Daniel 1:8; 2.48, 5:12; 6:3).

Daniel teve o necessário:

A vida particular de um líder traz impactos à sua vida pública? Não há dúvidas sobre isso. Daniel ilustra por que caráter desempenha um papel tão vital. Daniel poderia simplesmente ter abandonado sua identidade e tentado sobreviver à experiência de ser um cativo numa terra estranha. Em vez disso, ele jamais abriu mão de uma vida disciplinada e idônea e de seu com­promisso pessoal. Reflita sobre o caráter que ele demonstrou nos momentos em que foi testado sob o governo dos reis da Babilônia:

  1. Sua dieta: Daniel não comeu alimentos ritualmente impuros, mas alimentou-se apenas de vegetais.
  1. Sua motivação: Ele não tomou para si os créditos por interpretar sonhos; em vez disso, glorificou a Deus.
  1. Sua honestidade: Daniel falou a verdade às autoridades, apesar do risco de ganhar desafetos e adquirir im­popularidade.
  1. Sua disciplina: Ele continuou orando diariamente, ainda que isso pudesse lhe custar a vida.
  1. Sua integridade: Não teve nenhum interesse em subornos ou compensações.
  1. Suas convicções: Permaneceu comprometido com seus amigos e suas crenças, mesmo tendo alcançado al­tos postos.

A maneira como um líder administra as circunstâncias da vida fala muito sobre o seu caráter. A crise não de­termina, necessariamente, o caráter do líder, mas, certamente, ela o revela. A adversidade faz a pessoa escolher entre dois caminhos: o caráter ou a concessão. Cada vez que um líder escolhe o caminho do caráter, ele fica mais forte.

O caráter é o fundamento no qual o líder constrói sua vida. Tudo começa com o caráter, porque a liderança opera na base da verdade. As pessoas só seguirão um líder quando confiarem nele. O caráter transmite credibili­dade, faz ganhar o respeito, cria a persistência e conquista a confiança.

O que todo líder precisa saber sobre o caráter:

  1. Ter caráter é mais do que falar. Qualquer pessoa pode dizer que tem caráter, mas a ação é o verdadeiro indicador do caráter. Seu caráter determina quem você é e o que você faz. É por isso que você não pode se­parar o caráter de um líder de suas ações. Se as ações e intenções de um líder continuamente lutam entre si, olhe para seu caráter para descobrir o porquê.
  1. O talento é um dom natural, mas o caráter é uma escolha. Não temos controle nenhum sobre várias coisas da vida. Não escolhemos nossos pais, as circunstâncias de nosso nascimento ou como será a nossa formação. Mas podemos escolher nosso caráter. E nós o desenvolvemos a cada escolha que fazemos.
  1. O caráter produz sucesso permanente junto às pessoas. A verdadeira liderança sempre envolve outras pessoas. Os liderados não confiam em líderes de cujo caráter conhecem as falhas e não continuarão a segui-los se tais falhas não forem corrigidas. 
  1. Os líderes não podem ir além das limitações de seu caráter. O caráter tanto poderá limitar quanto apoiar um líder, dependendo de sua força. Ele sempre determina se um líder chegará bem ao final ou não.

Você é uma pessoa privilegiada, pois somos uma igreja da visão celular no modelo dos doze que trabalha com afinco para a formação de discípulos com caráter cristão, treinando-os para uma liderança de êxito. Reproduzir e aprender com os discipuladores é uma chave para cumprimento do proposito da liderança em Deus, por isso, se você levar a sério este propósito, você construirá um legado poderoso em todas as áreas da sua vida; família, ministério, vida profissional e finanças! Parabéns, bem-vindo ao novo tempo de Deus, reservado aos valentes e comprometidos com o Reino do Messias Jesus, o Cristo

Apóstolo Eliezer

Imprimir
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta