Menu fechado

Relacionamento, a base de uma vida vitoriosa

Gênesis 2:18 e Salmos 68:6

Toda a sociedade humana está baseada em relacionamentos. Quando estes acontecem de forma saudável, projetos são executados; conquistas são alcançadas e o mais importante: a paz reina. Normalmente, a falta de paz na vida de alguém, está quase que 90% ligado a dificuldades de se relacionar. Relacionamentos são necessários, pois fomos criados por Deus para não ficarmos só.

Em Gênesis 2:18 e Salmos 68:6 vemos o projeto de Deus para que ninguém fique só: família. Duas são as famílias conhecidas por aqueles que crêem em Jesus, a família biológica e a família da fé.

A família biológica (ou de sangue): pais, irmãos, tios, primos e avós foi a primeira que conhecemos e com quem nos relacionamos. A família da fé (irmãos em Cristo) foi um presente que recebemos quando decidimos fazer de Jesus nosso Senhor e Salvador e de Deus nosso Pai!

Ambas necessitam de algo para serem saudáveis: relacionamentos. Porém o mundo em que vivemos não trabalha, nem valoriza, muito menos ensina como termos relacionamentos saudáveis. O que na verdade vemos são distorções de valores, inversão de posições e competições que incitam brigas, discórdias e divisões. É uma pena um projeto tão lindo de Deus ser tão desprezado pela maioria das pessoas.

Você mesmo hoje pode olhar para seus relacionamentos e dizer: meu casamento está ruim, estou distante dos meus filhos, não confio no meu líder, meu ambiente profissional é horrível e minha casa parece um campo de guerra! Calma! Em Deus há solução para tudo! Se nos abrirmos para o agir de Deus veremos milagres acontecerem e rápido! Quem crê?

Desde o primeiro culto do ano, estamos sendo ministrados por nossos apóstolos a nos examinarmos. Vermos as motivações corretas no coração e buscarmos fechar as possíveis brechas que dão legalidade para o mal causar estragos. Por isso esta palavra vai trazer algumas dicas práticas da Bíblia que é a palavra de Deus, para aprendermos a vencer desafios nos nossos relacionamentos e vivermos em paz, o que nos dará segurança para enfrentarmos as adversidades:

1- Olhando para si e não para o outro: normalmente queremos que a outra pessoa com quem nos relacionamos seja igual a nós ou como queremos que ela seja. Ninguém é igual a ninguém, e também não somos tão corretos assim para que cobremos perfeição de alguém. A bíblia diz 2 Co 13:5: “Examine-se o homem a si mesmo se realmente está na fé” e nos incita a olharmos para nós primeiro. O julgamento precipitado pode afastar as pessoas mais próximas. Examinar-se faz parte do relacionamento saudável com todos.

2- Não fique apontando o erro do outro. Em Mateus 6:23 diz: Se os seus olhos forem maus, todo o seu corpo estará em trevas”. Você consegue citar 10 qualidades do seu marido/esposa? Ou do seu líder/discípulo? A maioria de nós não sabe, mesmo não sendo um grande número. Por quê? A resposta é simples: ainda temos olhos maus, críticos e julgadores. Facilmente apontamos os erros e demoramos muito para enxergar as qualidades. Alguns dizem que se elogiar o outro fica mal acostumado. Isso é desculpa de quem não sabe elogiar. (Obs. Se quiserem podem Fazer uma dinâmica, peça para as pessoas fazerem pelo menos 2 elogios sinceros para quem está do lado, depois comente o que viu). Elogiar faz parte do relacionamento saudável.

3- Renúncia ou abrir mão. Normalmente as pessoas assumem relacionamentos debaixo de emoção, e desta forma não atentam que todo relacionamento exigirá renúncias! Jovens casam-se sonhando apenas com a lua de mel, empreendedores fazem sociedades pensando apenas no lucro, e líderes e discípulos se aliançam apenas por empatia. Quando chega o momento em que os desafios requerem renúncia, as pessoas não estão preparadas, e o que acabamos vendo; divisões.

Renunciar faz parte da nossa vida cristã, até porque nosso referencial Jesus abriu mão de tudo para alcançar seu maior objetivo, que era nossa salvação. Leia Filipenses 2:8-9. A renúncia é um caminho cujos resultados nenhuma outra atitude pode nos dar. O que você hoje precisa renunciar? Renunciar faz parte do relacionamento saudável.

Este é o ano de preparar o caminho do Senhor, neste propósito precisamos alcançar a nossa família! É o ano em ajustarmos nossos relacionamentos. É o ano de vermos a salvação chegar em nossos lares e através dele alcançar muitas outras famílias.

Para que nossos relacionamentos sejam saudáveis, devemos mergulhar no mais importante deles, que é o relacionamento com Deus, foi exatamente isso que o nosso Apóstolo ministrou no seminário de pastores. Primeiro, isso só é possível recebendo Jesus no coração e segundo; buscando intimidade com o Espírito Santo. Amém!

Prática: Líderes, termine esta parte da célula orando por aqueles que precisam consertar relacionamentos em suas vidas. Ore para que eles liberem perdão, peçam perdão, renunciem o necessário, examinem-se primeiro e busquem a paz em Cristo.

Ótima célula com vidas novas e muita unção do Espírito.

Apóstolos Eliezer e Zenita

Imprimir
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta