O encontro que precisamos, esforcemos por esta visão

A Cura do Cego de Jericó

Marcos 10:46-52

Nas páginas do Novo testamento encontramos muitas pessoas que tiveram suas vidas transformadas quando tiveram um encontro pessoal com o Senhor Jesus.

Vimos na semana passada sobre Jairo que estava desesperado por sua filha que estava à beira da morte, mas quando buscou por Jesus, Ele o ajudou indo até a sua casa levando cura, ressurreição e salvação.

Existem nos evangelhos muitas histórias lindas de cura, libertação e salvação, histórias sobre pessoas que tiveram um encontro pessoal com o Senhor Jesus e nunca mais foram as mesmas, elas foram mudadas completamente! Tiveram seu interior transformado e seu exterior curado como resultado da salvação que encontraram em Jesus.

Este homem chamado Bartimeu precisava muito ter a situação da sua vida mudada. É bom saber que ele conseguiu isso, encontrando-se com Jesus, neste encontro sua vida e sua história mudaram!

Talvez você venha dizendo nestes dias que alguma situação na sua vida não muda, que não se resolve, olhe; Bartimeu teve o encontro que todas as pessoas também precisam ter a fim de ver sua vida mudada!

Vejamos boas razões para nos esforçarmos em ter um encontro com Jesus:

1. Jesus pode resolver seus problemas (verso 46) “…E, ao sair Ele de Jericó com seus discípulos e uma grande multidão, estava sentado junto do caminho um mendigo cego, Bartimeu filho de Timeu. “

Repare bem como estava a situação desse homem: sentado à beira do caminho, mendigando por causa da sua cegueira. Que vida miserável, que vida difícil a vida que Bartimeu levava, a questão aqui não era a cegueira física, mas a cegueira espiritual. Que situação! Bartimeu tinha vários problemas: problemas emocionais, problemas financeiros e problemas de saúde.

Realidades da falta de visão. A cegueira física não era o problema maior, a questão era espiritual e emocional. Ele estava assentado junto do caminho “mendigando”. Na vida deste homem de Jericó, podemos identificar três aspectos decorrentes da sua cegueira espiritual, emocional e física que afetava a sua forma de viver.

Vejamos:

1.1 Sentado: Sabemos que as dificuldades são muitas nos últimos dias, porém muitos se encontram em um inteiro estado de estagnação, totalmente sem ações, literalmente assentados. Totalmente conformados com situações que não são a vontade de Deus para suas vidas. A cegueira espiritual ou cadeias espirituais e emocionais nos deixa neste estado.

2.1 Junto do caminho: Uma das consequências da falta da visão espiritual e da nossa identidade emocional é que sempre se anda às margens. Se está à beira do caminho, mas não no caminho, fala de alguém que não pode perceber a sua identidade que foi dada por Deus na concepção e aperfeiçoada em Cristo conforme o DNA na criação antes do pecado, mas pessoas assim não podem andar no caminho da vitória.

Um dos testes de lucidez que a polícia rodoviária fazia com os motoristas suspeitos de embriaguez, era traçar uma linha reta no chão e pedir ao indivíduo que ande sobre ela. Traçar as metas e objetivos são essenciais para que se ande na direção certa.

3.1 Mendigando: Uma das mais importantes privações que este homem sofria era o fato de achar que não poderia trabalhar, pensando assim, ele não poderia se sustentar e, sendo assim, limitava sua vida a viver de possíveis esmolas que viessem a lhe dar.

Expressões tais como; “Não Podemos” “não há maneiras”, “é impossível”, “somos pequenos” etc., são expressões da falta de confiança em Deus que afeta o nosso potencial colocado por Ele dentro de nós.  Quando os doze espias voltaram de espiar Canaã em números 13:33, uma das conclusões que alguns tiraram, foi: Vimos ali gigantes… e éramos aos nossos olhos como gafanhotos e assim também éramos aos seus olhos.

Seremos quem acreditamos que podemos ser, e é isto que iremos transmitir para os que estão a nossa volta e para o reino espiritual, lembre-se, é lá que define aqui. Não podemos impedir que falem e pensem a nosso respeito, mas, ninguém pode mudar o que pensamos de nós mesmos sem que queiramos.

Lembra das olimpíadas? Alguns perderam a medalha por causa de pequenas coisas: Um ponto de diferença, um gol, uma cesta, um escorregão, um desequilíbrio. Muitas vezes, são os pequenos probleminhas da vida que tiram o nosso prêmio.

É interessante que quando Bartimeu teve o seu encontro com Jesus, ele foi mudado em outro homem, a vida dele mudou completamente! Sabe por quê? Porque só JESUS PODE RESOLVER, como ninguém mais, os PROBLEMAS que temos nesta vida!

Não existe situação, seja ela qual for, que Deus por meio da nossa fé não possa resolver. Ele é o TODO PODEROSO, não há impossíveis para Deus e por meio do Senhor Jesus, temos acesso a Sua Presença e ao poder da Sua Palavra, que pelo Espírito Santo, é revelada dentro de nós renovando a nossa forma de pensar, isso muda tudo, só precisamos focar, buscar e investir tempo em Deus. Continua…

Prática:

1. Você tem percebido diferença na sua vida depois que conheceu Jesus ou depois que começou a participar da Célula? Tem sido bom para você?

2. Quais são as suas expectativas em relação a nova vida em Cristo?

3. Você já teve um verdadeiro encontro com Jesus? Se a reposta de alguém aqui for não, pergunto: Gostaria de entregar a sua vida ao Senhor Jesus e buscar este encontro com Ele?

4. Qual a sua necessidade hoje para que possamos orar?

Amém!

Líder: Você é o melhor de Deus para estar à frente desta célula, se empenhe e use a unção que está sobre a sua vida!!!

No amor de Cristo!

Apóstolos Eliezer e Zenita

Imprimir

Deixe um comentário