Menu fechado

Aprendendo a sonhar acordados

Gênesis. 37 : 5 a 11
Neste discipulado o Senhor quer nos lembrar o quanto é importante sonharmos, mesmo quando estamos acordados, e nunca desistirmos de nossos sonhos por mais dificuldades e limitações que possamos enfrentar. Mesmo no seio da igreja, onde em todo tempo a fé é estimulada, vemos pessoas sem sonhos, vivendo uma vida acomodada e sem realizações.

Algumas ainda não aprenderam a sonhar, outras desistiram ou foram roubadas de seus sonhos.

Deus tem sonhos grandiosos para cada um de nós. Ele quer que sejamos saudáveis, realizados, prósperos, além de sermos uma benção na vida de todos ao nosso redor.

Porém não viveremos estas promessas, se não aprendermos a sonhar e lutar por elas. Se desistirmos dos sonhos de Deus pra nós, renunciaremos à alegria do futuro, e não poderemos culpá-lO, de uma vida frustrada e incompleta.

Hoje eu profetizo, que este é um tempo, em que Deus está restituindo sonhos e levantando sonhadores em Nome de Jesus! Isto faz parte do mover de Deus para a sua igreja nestes últimos dias, onde a promessa é que até os velhos sonharão (Jl. 2:28).

José recebeu de Deus um sonho e enfrentou a oposição espiritual à este, desde o seio de sua própria família, outros obstáculos apareceram também por meio de pessoas e situações externas, nada porém demoveu José, de nutrir, e perseguir o sonho de Deus para a sua vida.

A Visão M12 é um sonho de Deus para nós, que começa por nossa restauração pessoal, passa pela restauração de nossa família e almeja nos estabelecer como instrumentos para a salvação e transformação de outras vidas e famílias.

Não há como vivermos os resultados que a Visão pode trazer, se estes não forem um sonho vivo e nítido, dentro de nós.

Por meio de muitas situações, satanás tentou roubar e matar o sonho de José, mas o amor e a santidade de José ao Senhor, blindaram a ele, e a seu sonho.

O sonho de Deus para José objetivava mais do que abençoá-lo de forma pessoal, fazendo dele um governante. Deus que vê o futuro, projetava pelo sonho, exaltar a José, poupar sua família da fome, e sua descendência (Israel) da extinção.

Os sonhos de Deus para nós, nunca se limitam a trazer a existência só o que queremos, mas apontam para nos fazer viver a vontade de Deus, através de uma vida que abençoe a tudo e a todos ao nosso redor.

A realização do sonho de Deus na vida de José, abençoou não só a vida dele e de sua família, mas de toda a nação do Egito e do mundo conhecido daquela época.Do mesmo modo, Deus sonha em nos usar, para que o mundo seja transformado, pela pregação do evangelho e por nossa missão de fazer discípulos.

Satanás odeia esta ideia, e luta com todas as suas forças para roubar este sonho dos nossos corações. Deus, porém, que é o fiel e zeloso guardador do que somos, e do que temos, vai nos ensinar a zelar pelo sonho e a buscá-lo até que seja alcançado.

Para isto alguns cuidados serão necessários:

 1 – Guardar o coração do pecado: A santidade é a blindagem, que começa em nosso coração e termina em nossas atitudes.

Devemos constantemente pedir a Deus, que nos revele o que possa nos estar contaminando, e nos roubando a unção. O arrependimento contínuo é a maneira de resgatarmos sempre a santidade, e protegermos os sonhos.

José em todo tempo guardou o coração e fugiu do pecado. Com isto, o maligno não teve como pará-lo na busca por seu sonho.

 2 – Buscar o crescimento espiritual: Não podemos nos acomodar e retroceder na fé. No Reino de Deus quem não avança, retrocede, quem não cresce, diminui. O ministério de um líder só cresce, quando este líder cresce.

 3 – Orar, orar e orar: Todas as conquistas cristãs, demandam uma vida de oração, que é o caminho para a intimidade com o Espírito Santo e para o nosso avivamento interior. Quando oramos somos fortalecidos para lutar pelo sonho.

 4 – Dispor-se a servir à Deus e às pessoas: Alguns discípulos começam a ser visitados pelo pecado e esfriar espiritualmente, por estarem ociosos. Não há como termos sucesso na Visão, sem envolvimento e investimento de tempo em pessoas.

5 – Manter o foco em ganhar os perdidos: A oração e o exercício do evangelismo pessoal, devem ser uma chama acesa constantemente dentro de nós. Não podemos dizer que amamos a Deus, se não tivermos olhos e coração para os que estão perecendo (indo para a morte eterna).

 6 – Manter-se em obediência a palavra: Alguns olham para as circunstâncias e deixam de crer nas promessas, e de cumprir princípios. Não há nenhuma verdade mais sólida que a palavra de Deus, haja o que houver, ela é o caminho a seguir.

 7 – Viver em unidade: Com Deus, com a família, com a equipe de 12, e com a igreja. Sem unidade os sonhos se tornam difíceis e as conquistas incompletas.

 8 – Manter nosso sonho jovem, ainda que estejamos envelhecendo: Nosso sonho jamais morrerá se o compartilharmos com outros. Jl. 2:28 diz: Vossos velhos sonharão e vossos jovens terão visões. Isto significa que nós os mais velhos na fé e na Visão, não podemos parar de sonhar, e nem de direcionar nossos filhos e discípulos para a visão que Deus nos deu de forma tão específica.

Que o Deus de José, guarde as nossas vidas e os nossos sonhos, para que o Seu Nome seja exaltado, e a nossa alegria seja completa ENDJ.

Ministração: Orar para que os sonhos mortos sejam ressuscitados no coração de cada líder e de cada discípulo, e para que o Senhor nos ajude a vivermos os seus sonhos de forma integral ENDJ.

Que Deus os abençoe e multiplique conforme a promessa ENDJ.

Amamos vocês.

Aps. Fábio e Claudia Abbud e Eliezer e Zenita.

Imprimir
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  

Deixe uma resposta