Uma C̩lula Segundo O Cora̤̣o De Deus РParte Final

 Marcos 2:1-12 

Aprendemos nestas ministrações que é mais fácil fazer algo com uma equipe onde todos estão focados no mesmo propósito. Não existe nada difícil para os destemidos focados em ver vidas sendo salvas e consolidadas. Vale a pena se esforçar pela unidade de propósito de uma célula, pois uma vida vale muito para Deus. Precisamos olhar em cada problema como uma oportunidade para vencer obstáculos. Deus vai olhar o nosso esforço e vai dizer, a fé de vocês moveu o meu braço, vou fazer milagres hoje na sua vida, família, ministério e finanças!
 
Neste texto, encontramos quatro homens de uma célula que estavam empenhados pela salvação e cura de um amigo. Aquele líder e seus discípulos mostravam através das atitudes e motivações, que eles como célula cumpriam o propósito da sua existência naquele lugar.
 
Vejamos os motivos que fazia daquela célula um instrumento de cura e salvação na vida das pessoas, vejamos as características de uma célula segundo o coração de Deus. 

1. Primeiro: Uma célula para cumprir o seu propósito de ganhar, consolidar, discipular e enviar, precisa ser baseada e focada em relacionamentos. É através de relacionamentos com pessoas de Deus que nos tornamos pessoas maduras e curadas.  

2. Segundo: Uma célula só será frutífera se o seu ambiente de relacionamentos for de comunhão, amor e fé. O ar que respiramos em uma célula segundo o coração de Deus gera fé, amor, alegria, edificação, valorização, perdão, unidade, foco, salvação de vidas e companheirismo.

3 Terceiro: Uma célula que agrada e alegra o coração de Deus é aquela onde as pessoas são consolidadas pelo líder, é aquela onde os integrantes e discípulos não murmuram e nem desistem, mas sempre enxergam soluções para os problemas.

 4.     Quarto e último: Uma célula que agrada o coração de Deus é aquela onde as pessoas trabalham juntas, unidas e firmadas com o líder na grande comissão de ganhar vidas para o Senhor Jesus, fazendo delas discípulos comprometidos e curados. 

A Célula que anda focada no propósito de Deus, sempre leva as pessoas até Jesus (vers. 4). Uma das maiores evidências de uma célula frutífera é aquela que tem amigos de verdade, que são capazes de vencer qualquer obstáculo para levar uma pessoa a Jesus. Na célula nos reunimos toda semana para orar e ouvir a palavra, fazemos impactos, eventos de comunhão com churrasco, etc., mas tudo isso só terá sentido para nós e para Deus se conseguirmos colocar as pessoas na presença do Senhor Jesus.
 
Todo o trabalho, só é válido se no final alguém for colocado na presença do mestre para conhecê-lo e assim ser salvo. As pessoas do mundo propagam aquilo que elas creem. Se for um macumbeiro, ele orienta os seus amigos a também fazerem uma macumba; se ele for supersticioso manda acender velas e orienta a não passar por baixo de escadas; se for uma esotérica, sugere que você tenha cristais, gnomos e outras coisas em casa. Misericórdia! 

Quero lhe falar de uma grande verdade: Seus verdadeiros amigos não são aqueles que chamam você para beber, fumar, jogar, se prostituir, etc. Sabe quem são os verdadeiros amigos? São aqueles que se interessam pela sua salvação. Aqueles que têm insistido com você para levá-lo á presença do Senhor Jesus.
 
Existem muitas pessoas vivendo desanimada, desapontadas com a vida, sem forças para prosseguir. As pessoas não têm condições de andarem sozinhas para vir até Jesus. Existem pessoas que estão precisando ser carregadas até que possam andar com suas próprias pernas e assim ajudarem a outros? A célula é um lugar que remove todos os obstáculos para que as pessoas possam se unir a Jesus e assim serem libertas e salvas.
 
Um dos obstáculos que o paralítico e seus amigos encontraram foi àquela casa muito cheia e abarrotada de pessoas, ali havia comodismo na vida de muitos. Assim também, quando uma célula cresce demais, ela se torna um obstáculo, pois no meio de muitos, uma pessoa pode passar despercebida.     

Por isso, temos de saber a hora certa de multiplicar, não podemos ficar parados como alguns naquela multidão, não podemos ser obstáculos para os novos chegarem e acharem lugar e atenção. É preciso sair da acomodação, da zona de conforto.  Você meu discípulo precisa se dispor a ir e eu o seu líder, preciso me esforçar para te enviar numa multiplicação para gerar novas células e assim abrirmos novas portas para que todos os nossos amigos e vizinhos sejam alcançados com o amor de Cristo nosso Senhor.
 
A cama era a marca da derrota daquele homem. Quem é o sujeito? É aquele que não sai da cama. Ele não tem alternativas, só pode ficar sobre a cama. E agora, depois do Encontro com Jesus, quem é o sujeito? É aquele que carrega a sua cama! Antes, ele era carregado sobre ela, agora é ele quem a carrega, porque Jesus Cristo age dessa forma, curando e tornando as pessoas livre do mal.
 
Quando uma célula se preocupa em levar as pessoas até Jesus, suas fraquezas são transformadas em vitórias e as pessoas experimentam um novo estilo de vida. Jesus Cristo usa a maior fraqueza de alguém para transformar num grande troféu. Aquela célula cumpriu o seu papel na vida de alguém.
 
E quanto a nós, estamos de forma particular e como célula neste lugar cumprindo o nosso papel? Eu quero desafiar você que está sozinho, a pedir amigos a Deus; quero desafiá-lo a abrir seu coração e a colocar seus dons á disposição das pessoas. Muitas delas tem se decepcionado em relação à amizade, porque na hora que mais precisam não podem contar com ninguém. Contudo, eu gostaria de dizer que um amigo verdadeiro, é aquele que se preocupa conosco, a ponto de nos levar até Jesus.  

Para compartilhar. Respondam a todas as perguntas:
 
      1.  Responda; que tipo de célula nós somos e o que temos feito por ela?

     2. Pense; quando as pessoas vierem nesta célula, elas sairão com fé ou com incredulidade, elas sairão se sentindo amadas ou desvalorizadas?

      3. Responda; será que fazemos parte da solução ou do problema?

Sugestão para conversar no compartilhar do pão: Projetem um rodízio de oração e jejum e tirem tempo para relacionar-se entre vocês e para gerarem novos relacionamentos, fazendo assim novos amigos. Ideia: promovam uma festa, um churrasco…, convidem as pessoas…, estamos próximo do fim de ano e isto cria um ambiente propício para confraternizar. Finalidade: criar amizades e ganhar amigos e pessoas para o Senhor Jesus. Ideias…!  
 
 
No amor de Cristo!
 
 
Apóstolos Eliezer e Zenita 
Imprimir