Encontre sua Célula
Saiba qual a célula mais próxima de você! Procurar
Redes Sociais
28 novembro, 2018

Somos companheiros num grande projeto de Deus pra nós

Gálatas 6:1-4

O homem natural, fruto de uma sociedade capitalista e materialista, desenvolve uma natureza competitiva para poder alcançar um “lugar ao sol”. (Este é um termo usado popularmente para indicar uma conquista).

Desde pequenos, o ser humano já começa a ser influenciado por um espírito de competição, quando seus próprios pais começam a estimulá-lo e compará-lo a outras crianças (quem falou primeiro, quem andou primeiro, quem aprendeu a contar primeiro? Etc etc etc). Quanta ansiedade e angústia gera-se nesta fase da vida do ser humano.

A natureza competitiva gera uma natureza comparativa que leva o homem a outro grande pecado: o julgamento de seu próximo, ou seja, para o homem poder medir o seu valor, precisa olhar para os outros homens e comparar-se a eles passando então a sentir-se apto a julgá-los, neste caso o erro do outro desperta a enganosa sensação de que estamos melhores.

Depois vem a fase escolar, aonde o valor é medido por notas. Notas que deveriam medir o nível de conhecimento do aluno, ou seja, o quanto ele assimilou o conteúdo, a matéria, mas como fruto das distorções desta sociedade a nota parece medir o valor pessoal, interior do aluno, como se o aluno nota dez fosse um ser humano melhor.

Depois profissionalmente. Nesta fase é que verdadeiramente inicia-se uma guerra por um território, aonde o maior inimigo é o colega de trabalho, o irmão, e às vezes até o cônjuge. Quanto engano! Quanta inversão de valores!

Vamos olhar para este cenário segundo a visão de Deus revelada pela Sua Palavra nestes versículos do livro de Gálatas, pois esta característica competitiva, julgadora, etc., reflete no reino de Deus, igreja.

No vs. 1, Deus fala sobre a revelação e atitude que devemos ter enquanto pessoas espirituais, ou seja, a revelação é que Só os que têm o Espírito Santo em seu coração podem transformar esta realidade triste em que a humanidade se encontra. Como?

Primeiro, tomando consciência de que esta natureza competitiva, comparativa e julgadora existe em nós como homens e mulheres falhos que somos. Deus nos revela o quanto nos tornamos duros e perversos no julgar e corrigir o nosso próximo.

Segundo; tomando consciência de que muitas vezes procuramos falhas nos outros, para não olharmos para as nossas próprias. Alguns chegam a ter prazer no infortúnio e faltas alheias como se aquilo os fizesse sentirem-se melhor e menos falhos.

Hoje Deus quer nos levar ao arrependimento e cura de nossa alma, ensinando-nos a tratar o nosso semelhante ou irmão como Ele trata. De que forma?

  • Se você exerce autoridade sobre alguém, faça com mansidão, corrija através do exercício do fruto do Espírito.
  • Se você viu em alguém alguma falha, seja qual for, não seja o primeiro a atirar a primeira pedra, deixe brotar em você a natureza de Jesus e como Ele fez em João 8:7-11 (“Nem eu também te condeno. Vá e não peques mais”).
  • Pare de procurar julgar os erros e tropeços do seu irmão ou semelhante e tenha humildade de reconhecer os seus próprios erros e vigiar para que você não incorra nos mesmos erros daqueles a quem você tem julgado. Deus ensina-nos no versículo 2 a atitude correta. Levar as cargas uns dos outros ajudando-os em suas dificuldades e necessidades (interceder e aconselhar, orientar, admoestar, consolidar, apascentar…).
  • No Vs. 3 Deus nos alerta contra a soberba e o orgulho, que a própria Palavra de Deus diz em Provérbios 16:18 (“A soberba precede a ruína”). É rota de ruína.

Deus ama a todos com a mesma intensidade e medida. Ninguém é melhor que ninguém enquanto ser humano. Torna-se melhor o que se submete mais ao Espírito Santo, aproximando-se de Deus, de Sua verdade que é Jesus Cristo de quem devemos ser imitadores. Até Jesus fala que só um é bom: O Pai Celestial que está nos céus.

Deus fala no versículo 4 sobre alcançar a verdadeira satisfação pessoal, alvo de toda a humanidade, através de estar seguro em estar fazendo o seu melhor para Deus, sem comparações ou competições. Deus e nós amamos você com amor eterno. Beijo no coração!

Atenção líderes:

Coloque um louvor e diga para cada um possa refletir sobre suas atitudes para com seus familiares, amigos e discípulos (Tenho julgado, tenho acusado, tenho competido?). Depois disso ore por todos e declare que cada um ali tem um valor enorme para Deus e para nós.

Deus abençoe a todos,

Aviso para serem dados na célula (ler para todos)

  • Sábado dia 01/12 teremos a partir das 8:30 o dia social com profissionais atendendo gratuitamente, teremos bazar e feijoada no valor de 10 reais. Ação social para ajudar os necessitados.
  • Neste mesmo sábado, do dia 01/12 sábado, as 20:00 horas, teremos o primeiro dia dos 12 dias proféticos para doze meses de vitória e conquistas relevantes, trazendo a manifestação dos sonhos que ousarmos sonhar.
  • Dia 02, domingo as 18:00 horas, será o segundo dia profético com o CULTO DA FAMÍLIA, neste estaremos projetando e abençoando o mês de fevereiro. Faça um voto de vir anos 12 dias sem faltar e busque em Deus os sonhos, este se manifestarão além do esperado.

 Atenção: Nestes 12 dias proféticos de dezembro as Células não acontecerão aqui, mas deverão se reunir na igreja junto com os líderes, pastores e Apóstolos, estamos nestes gerando um 2019 sobrenatural, poderoso e extraordinário. Esperamos vocês nestes 12 dias.

Amamos vocês!

Apóstolos Eliezer e Zenita

Imprimir

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •