Encontre sua Célula
Saiba qual a célula mais próxima de você! Procurar
Redes Sociais

Agenda

Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •  
out
19
sex
Encontro com Deus

ENCONTRO COM DEUS – OUTUBRO 2018

Dias: 19 à 21 de outubro 2018
Local: Sítio Guararema/SP

Inscreva-se já!
Tel: 11 2957-0551 / 94453-3291 / 95001-4590
[email protected] – www.iacc12.com.br

Faça o depósito bancário e envie e-mail do comprovante para: [email protected], que retornaremos com as informações complementares para a finalização da inscrição.

Opções para Pagamento:

  • Depósito/Transferência Bancário:

 

 

 

 

 

.

  • Débito e Cartão de Crédito:

Encontro com Deus – até 10/09

Realização:
Igreja Apostólica Corpo de Cristo
Aps. Eliezer e Zenita C.Moreira

dez
31
seg
2018 Cidade de Deus, a Conquista do Território
dez 31 dia inteiro

Escolha abaixo um dos formatos disponíveis para baixar o Tema 2018:


​“E daquele dia em diante o nome da Cidade será Yahweh Shamah, isto é, O SENHOR ESTÁ AQUI.” (Ezequiel 48:35 – King James Atualizada)

Introdução

Que tema singular, ​​Cidade de Deus, a conquista do território. Nós temos uma responsabilidade muito grande. Uma família biologia para cuidar e uma família espiritual para dar conta.

Não é fácil lidar com os negócios dessa vida e recebermos, como missão do ALTO, a responsabilidade de cuidarmos de pessoas que nem sempre estão dispostas a serem receptivas ao nosso chamado. Mas, fazer o quê? Desistir? Não! Vamos avançar para o alvo, para a plena vocação que está guardada em Cristo Jesus (Filipenses 3:12-14).

Quantos territórios queremos conquistar?

Começar o ano de novo… Não é fácil recomeçar, mas é no começo do ano que fazemos pactos. Isso é bom para o cérebro, pois podemos estabelecer metas, e se tivermos mentores nos sinalizando para o futuro, com certeza chegaremos no final do ano com a nossa expectativa acima do normal e nossas metas ultrapassadas inteligentemente.

Horrível é começar sem sonhos, sem desafios sem vontade de vencer. O Ano nunca será Novo se as atitudes forem velhas. Precisamos tomar algumas atitudes, por exemplo:

. Precisamos renovar nossa mente;

. Precisamos passar pela Cruz;

. Precisamos ser discipulados;

. Precisamos acreditar nas profecias;

. Precisamos velar pelas promessas;

. Precisamos estabelecer objetivos;

. Precisamos restaurar nossa fé;

. Precisamos voltar a crer em Deus como Autor das nossas conquistas.

“Para não suceder que, havendo tu comido e fores farto, e havendo edificado boas casas, e habitando-as, e se tiverem aumentado os teus gados e os teus rebanhos, e se acrescentar a prata e o ouro, e se multiplicar tudo quanto tens, se eleve o teu coração e te esqueças do Senhor teu Deus, que te tirou da terra do Egito, da casa da servidão; que te guiou por aquele grande e terrível deserto de serpentes ardentes, e de escorpiões, e de terra seca, em que não havia água; e tirou água para ti da rocha pederneira; que no deserto te sustentou com maná, que teus pais não conheceram; para te humilhar, e para te provar, para no fim te fazer bem; e digas no teu coração: A minha força, e a fortaleza da minha mão, me adquiriu este poder.” (Deuteronômio 8:14-17)

Podemos conquistar territórios novos

Bem, existem três territórios que precisam ser conquistados:

1. Território da Alma – Nossa mente é um campo de batalha.

2. Território da Geografia Externa – Ambientes que são nossos desafios físico e espiritual.

3. Território Familiar – Que precisa ser uma conquista diária.

É insano conquistar território novo subestimando a conquista das geografias que já são nossas. Conquiste geografias novas, mas preserve asquelas onde outrora foram fincadas bandeiras.

Podemos ser líderes com um grande diferencial, fazer com que nossos territórios sejam notáveis à medida que lavremos a terra e façamos construções nela; essa foi a ordem do Senhor.

Não podemos nos omitir naquilo que o Eterno estabeleceu para nós. Somos solução e não problema! Conquistar um território novo faz parte da nossa chamada.

O texto que nos aponta: “O Senhor está aqui, e assim será chamado esse território”, solicita uma tomada de posição, quando cada um de nós, com certeza, conquistará o território e o manterá vivo no propósito. Só os líderes sem foco e destruídos na chamada não querem manter os territórios que conquistaram.

A ordem do Eterno é o avanço para o novo e a conservação das geografias outrora conquistadas. É mais inteligente conservar a conquista do que ficar lutando por aquela que ainda não temos.

Como nós vamos fazer essa conquista se não tivermos a meta definida para estabelecer o Novo de Deus em nossas vidas? Bem, precisamos nos preparar, pois a promessa de Deus para este ano está desafiadora, convocando-nos para coisas grandes e firmes que ainda não conhecemos.

Como faremos isso?

1. Cada um fazendo sua meta;

2. Cada um tendo objetivos claros;

3. Cada um desenvolvendo seus sonhos;

4. Cada um focado no projeto que seja exequível.
Se nos firmarmos nesses princípios, com certeza teremos um Ano Novo com Atitudes Novas e resultados de diferencial. Acredito que esse será o melhor ano para os que andam em retidão, e as conquistas serão visíveis no território da promessa.

O quanto você está disposto a viver esse tempo?

O quanto você acredita que é possível fazer uma conquista nova?

O quanto você está disposto a terminar o ano de 2018 com suas metas, seus objetivos, seus sonhos, seu foco estabelecido e mentoreado, sem desviar nem para a direita nem para a esquerda?

Qual o plano de ação que você tem para este ano? Não tem? Então, não terá conquistas, pois os que repetem padrão serão donos do mesmo resultado. Não teremos resultados novos conservando hábitos velhos. Para termos um Ano Novo, precisamos ser Pessoas Novas.

 

Fonte MIR: http://www.mir12.com.br/br/2018/downloads/banner-tema2018.pdf

Decreto 2018
dez 31 dia inteiro

O Senhor não mente! Como prometeu assim fará!

Eu não tenho falhado com o Meu povo. Meus filhos coxeiam entre dois pensamentos. Meus filhos desprezam Meu Santo Nome e não temem Minha Presença. Mas os remanescentes estão de pé, aqueles que mesmo sofrendo os ataques deste mundo não negociaram sua chamada nem são vendilhões da Minha unção.

Tenho peso pela Minha Igreja. Tenho misericórdia dos Meus filhos, pois estão como ovelhas que não têm Pastor, porque Meus escolhidos não dão mais louvores ao Meu Santo Nome nem buscam Minha face com arrependimento.

Estou com vara de medir. O Meu prumo está na linha da Minha fidelidade. Olhando para o Meu povo, Eu os vejo como nuvens que não criei e campos que não plantei; a proteção não é verdadeira e o alimento é enganoso.

Até quando ficarão debaixo de mentira? Guiados pelo espírito deste século: O Mundo, a Carne e o diabo? Por um acaso Eu não Sou o Senhor? E fora de Mim não há outro? Uma vez Eu disse, outra vez Eu falei. Trocarei as vestes sujas por vestes limpas, e restaurarei o campo dos Meus Pastores. Removerei corações de pedra e colocarei um coração de carne.

Ouça, Meu povo: Farei surpresas na prosperidade dos Meus filhos. Não omitirei minha bênção nem negarei o Meu manto. Alargarei as tendas e farei enxergar o poder do Meu Santo Nome. Darei ao Justo a medida do Justo, mas não Me esquecerei de medir o ímpio. Todos verão que Eu, o Senhor, não terei o culpado por inocente.

Não viram o que fiz com essa nação? Meus filhos foram provados, ainda há justos no meio do Meu Povo, e por eles tenho mantido Minha Palavra e Minha aliança. EU SOU O SENHOR!

Trarei riquezas de perto e de longe. Os estrangeiros virão para dar das suas riquezas (TODOS VERÃO). Será o Meu tempo! Encerrou a hora do homem, o cativeiro da Nação acabou para os que Me temem.

Coisa nova farei. Assim como um noivo se adorna para sua noiva, EU, o Senhor, Me preparei para este tempo, para trazer um banquete novo para aqueles que Me serviram sem reservas. Eu desejo o Meu povo, e aqueles que são verdadeiramente Meus me desejam.

Enviarei riquezas dos Céus e lhes darei riquezas da Terra. O mundo verá as Boas-novas que Eu tenho guardado para este tempo, Boas-novas de Salvação. Riqueza com honra virá, prosperidade com fidelidade se manifestará. Eu Amo aos que me amam, e aos fiéis lhes darei dos Meus tesouros.

Meus filhos viverão dias de paz, e Minhas filhas celebrarão o Meu Santo Nome pelos milagres que farei às suas portas. Não negarei o Meu favor nem esconderei o Meu rosto daqueles que, generosamente, clamam pela Minha presença.

Nação! Mudarei a sorte do Meu povo. Lhes darei descanso de alma em um quíntuplo de tempo. Em um quíntuplo de anos, todos experimentarão o Meu favor. Como o construtor coloca a pedra angular, assim porei a base para mudança de sorte dessa nação.

Os Meus servos, que são chefes sobre o Meu povo, terão minha prosperidade, e Meus filhos, por obediência, terão o sustento digno daqueles que trabalham. Devolverei o riso ao meu povo e novamente colocarei uma nova dança nos seus pés. Eu Sou Aquele que faço novas toda as coisas, e assim farei novidades no meio daqueles que creem em Meu Santo Nome.

Farei Meu povo numeroso, reconfirmarei a promessa que outrora fiz a Meu Amigo Abraão: lhes multiplicarei abundantemente. Não temam! Lhes darei recursos; não terão falta de nada. Eu Sou o teu sustento.

As casas terão paz e nos seus campos, prosperidade. Minha boca não mente nem Meu Espírito desampara àqueles que sabem se render ao Meu Santo Nome.

Assim diz O Senhor!

Fonte: http://www.mir12.com.br/br/2018/decretos-2018