Encontre sua Célula
Saiba qual a célula mais próxima de você! Procurar
Redes Sociais
9 outubro, 2018

Nossa Missão em Cristo

Nossa missão dada por Jesus, o Cristo

Efésios 4:7-16

O nome Cristo significa o ungido ou consagrado que possui também o sentido de messias o enviado. Jesus o Cristo é sinônimo de protetor, conservadorlibertadorconsagradomessiasredentorungido, livrador e resgatador.

Entretanto, cada um de nós que cremos em Jesus como o Cristo, vivendo na prática de seus mandamentos, recebemos da sua graça conforme a sua medida generosa, significando que quando Ele subiu às alturas, levou cativo o cativeiro que nos prendia e como resultado da nossa libertação, Ele nos deu dons ou pessoas com dons como presente para a humanidade.

A expressão “Ele subiu” significa que ele havia descido inicialmente à parte inferior da terra. Aquele que desceu do céu e nasceu como homem é o mesmo que subiu muito acima do céu após a sua ressurreição, com a finalidade de encher todas as coisas. Isso significa que Ele foi ungido Rei e Senhor de todos e nesta autoridade concedida a Ele acima dos céus, Ele levantou e levanta pessoas como seus emissários, isto é, seus enviados que avançam na mesma missão que ele recebeu de Deus Pai.

Primeiro Ele deu e enviou Apóstolos, Profetas, Evangelistas, Pastores e mestres com a tarefa de preparar o povo de Deus, os discípulos para a obra de edificar o corpo de Cristo, isto é, fazer da igreja um corpo vivo que se movimenta, que assume a mesma missão de ganhar vidas, consolidando-as na Palavra e no chamado, discipulando-as para reproduzir na mesma essência e assim enviando-as para enviar outros.

A finalidade final é para que andando todos nós unidos e integrados na mesma missão, chegarmos á unidade implicada pela confiança e pelo conhecimento do filho de Deus, chegando a plena varonilidade, isto é, alguém que apresenta coragem; que age de maneira destemida; uma pessoa arrojada que possui muita energia; em que há vigor; alguém vigoroso. Isso aponta para um caráter aperfeiçoado e maduro.

Esta característica acima aponta para pessoas que se esforçam empregando energia e vigor na missão recebida de Jesus Cristo, sem desistir. Ele busca pessoas assim. Isto revela o padrão de maturidade estabelecido pela perfeição de Cristo, o Messias em nós.

A proposta de Cristo ao enviar emissários, é para que cresçamos e não sejamos mais como meninos e meninas que com muita facilidade, são levados de um lado para o outro por ondas do momento, ou por todo vento de doutrinas contrárias a verdade, ficando a mercê de pessoas astuciosas que inventam formas de enganar e manipular, roubando a verdade para escravizar.

A proposta de Deus em Cristo é que nós como seus filhos, falemos e vivamos sempre a verdade em amor, crescendo como corpo (igreja) em todos os aspectos em direção daquele que é o cabeça, Jesus o Cristo, pois sob o seu controle, o corpo todo é ajustado e mantido junto pelo suporte de todas as juntas chamadas de comunhão, discipulado, apascentamento, reconhecimento, honra e serviço, cada parte trabalhando para cumprir sua função. Essa é a forma pela qual a igreja cresce e edifica a si mesma em amor.

Isso significa que juntos e unidos nos edificamos e ao ajudarmos uns aos outros, nos submetendo uns aos outros pelo discipulado e apascentamento, todos crescemos, conquistamos e prosperamos.

Jesus Cristo deu os cinco dons ministeriais (Apóstolos, profetas, evangelistas, pastores e mestres) à igreja para que estes habilitem treinando o exército de Deus pelo exercício da autoridade apostólica no envio e respaldo, na revelação da palavra mostrando a vontade de Deus pelo profético, fazendo de cada um(a) ganhador(a) de vidas no testemunho e estratégia evangelística, amando, discipulando e cuidando na unção pastoral e treinando na palavra e conhecimento pelo dom do ensino.

A proposta do evangelho é que todos cresçam, amadureçam sendo aperfeiçoados para se parecerem com Cristo. O versículo 13 diz que precisamos responder ao treinamento nos amoldando na medida da estatura de Cristo, isto é, sermos como Ele, termos a mesma missão de enviados, ungidos para salvação, libertação cura de vidas e crescimento da igreja. No versículo 16 mostra que uma igreja unida, ligada pelas juntas do discipulado e ministério, cada um fazendo a sua parte, naturalmente efetuaremos o nosso próprio crescimento para edificação, falando aqui de uma construção firme, onde a base é o amor!

Todos nós aqui temos uma missão dada pelo Senhor Jesus, primeiro precisamos focar em nós para crescimento consolidação, treinamento e maturidade. Depois do Encontro, começar e terminar a Escola de Líderes e ao mesmo tempo andando na cobertura do discipulado e apascentamento para continuarmos crescendo, “sempre apontando e tendo como referencial os nossos pastores, os apóstolos Eliezer e Zenita” responsáveis diante de Deus por nós igreja.

Segundo; Andar sob a mesma missão com os nossos discipuladores e pastores na nossa rede, entre eles estão os líderes de células. Os nossos discipuladores andam sob a mesma missão dos nossos Apóstolos!

 Terceiro, reproduzirmos na vida de outros àquilo que estamos recebendo. Isso fala de começarmos a consolidar vidas na Palavra, nos tornando discípulos integrados em uma equipe de doze, depois ser um líder em treinamento assumindo a posição de Timóteo ganhando e gerando discípulos, e na sequência, sendo enviado para liderar uma célula na incumbências de formar ali, a minha própria equipe de doze.

A igreja do Senhor Jesus começou assim, hoje em Israel ela é assim e quando Jesus voltar para buscar a Sua igreja, Ele a encontrará fazendo assim. Nosso foco é amar vidas falando do plano de salvação implementado por Jesus na sua morte na cruz do calvário e na Sua ressurreição, depois cuidando delas com amor até a volta do Senhor Jesus que virá um dia nos buscar, para estarmos com Ele para sempre!

Como você está hoje e até aonde você chegou no reino? Até aonde pretende chegar? Você aceitou esta missão de ser enviado como Jesus foi pelo nosso Pai Celestial? Ter a estatura de Cristo aponta para isso e muitos na igreja de Cristo na Terra não sabem nada sobre esta missão. Assim como foi na palavra da semana passada, sejamos agradecidos por tudo Àquilo que somos e temos em Cristo, nosso Senhor!

Prática:  por um louvor (Vai valer a pena) e levar a todos a se colocarem a disposição do Senhor, Ele capacitará cada um! Abençoar a todos e fazer o apelo aos visitantes.

Obs. Coloquem louvores desde o início daqueles que cantamos na igreja, providencie letras para todos.

Amamos você!

 

Apóstolos Eliezer e Zenita

Imprimir
Compartilhe
  • 3
  •  
  •  
  •