Encontre sua Célula
Saiba qual a célula mais próxima de você! Procurar
Redes Sociais
1 outubro, 2011

Consolidação – Curso de discipulado – Parte 8

 Resolvendo o passado 

"Mas uma coisa faço, e é que, esquecendo-­me das coisas que atrás ficam, e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo pelo prêmio da soberana vocação celestial de Deus em Cristo Jesus." (Filipenses 3:13, 14)
 
Estamos com Cristo numa nova vida e isso é maravilhoso. Porém, para podermos avançar precisamos resolver a antiga vida. Sem Jesus, certamente não conseguiríamos nos desvencilhar de muitas coisas que nos prendiam como hábitos errados, falhas no caráter, relacionamentos quebrados, práticas de idolatria, etc. Agora que estamos em Cristo podemos e devemos de uma vez por todas concluir todas estas coisas. É fundamental que você resolva seu passado pelo menos por quatro razões básicas:
 
1) Para que o diabo não te acuse em nada;
2) Para ter um bom testemunho diante dos homens;
3) Para que você tenha uma consciência pura diante de Deus;
4) Para que a bênção de Deus não fique retida em sua vida.
 
O apóstolo Paulo orientou Timóteo sobre a importância de uma consciência pura diante de Deus, e alguns acabaram naufragando na fé porque rejeitaram este aspecto tão importante da jornada com Deus.
"Conservando a fé e uma boa consciência, a qual alguns havendo rejeitado, naufragaram no tocante à fé”. (I Timóteo 1: 19)
 
            É muito importante concluir seu passado de forma correta, deixando para trás tudo que possa te prender. Deus planejou uma vida de liberdade e de vitória para você.
 
O que precisa ser resolvido?
 
Cremos que o Espírito Santo vai estar te "incomodando" quanto às coisas que precisam ser resolvidas, porém, alistamos algumas delas e em seguida falaremos sobre cada uma.
 
a) Tudo que estiver ligado à idolatria e ocultismo;
b) Tudo o que for impuro;
c) Tudo que estiver ligado à injustiça;
d) Tudo o que for impróprio para sua nova vida.
 
A) Tudo que estiver ligado à idolatria e ocultismo.
 
Na Palavra de Deus a conversão está relacionada a deixar os ídolos. A Bíblia menciona o exemplo dos tessalonicenses que: “deixando os ídolos, se converteram a Deus, para servirem o Deus vivo e verdadeiro (I Tessalonicenses 1:9)”
 
Lembre-se que agora você é templo do Espírito Santo e, que comunhão pode haver entre Deus e os ídolos? A Palavra de Deus nos exorta claramente em 1 João 5:21: “Filhinhos guardai-vos dos ídolos.”
 
            Você precisa perceber a forma como as escrituras vêem a idolatria. Deus proíbe que se faça imagem de qualquer coisa nos céu, na terra ou no mar; e proíbe o mínimo pensamento de que tais imagens possam estar vivas. Se tais pensamentos são alimentados estas imagens se tornam ídolos. Naturalmente as imagens como tais não significam nada, mas quando reconhecidas como sendo entidades vivas tornam-se diabólicas. Na verdade demônios recebem adoração do homem através de cada imagem (Dt. 5:8; 1 Coríntios 10:14,19,20,21).
Geralmente, em nossa vida passada, nos envolvemos com muitos ídolos. Buscando solução para problemas, por mera tradição, ou até mesmo tentando ter comunhão com Deus através deles. Todavia sabemos que só há um caminho e este é Jesus. Deus proibiu terminantemente a adoração de qualquer ídolo, pois eles, sutilmente desviam as pessoas do único Deus que deve ser adorado.
 
"Guardai, pois, com diligência as vossas almas, porque não vistes forma alguma no dia emque o Senhor vosso Deus, em Horebe, falou convosco do meio do fogo; para que não vos corrompais, fazendo para vós alguma imagem esculpida, na forma de qualquer figura, semelhança de homem ou de mulher; ou semelhança de qualquer animal que há na terra, ou de qualquerave que voa pelo céu; ou semelhança de qualquer animal que se arrasta sobre a terra, ou de qualquer peixe que há nas águas debaixo da terra” (Deuteronômio 4: 15-18).
 
            Esta foi uma ordem expressa de Deus. Ele nunca se apresentou numa imagem de homem ou mulher ou qualquer outro ser, justamente para que o homem não prestasse culto de forma errada. As imagens ou ídolos não tem poder algum em si mesmos, porém, demônios recebem adoração dos homens através das imagens conseguindo dessa forma autoridade para influenciar e oprimir.
 
            Por isso, é muito importante que você se desvencilhe de tudo que estabelece vínculos com a idolatria, ocultismo e práticas do passado. Coloque também um fim a todo tipo de superstição e não cultive nem um mínimo temor delas. Muitos crentes ainda cultivam a idéia de que a sua sorte é governada por algum tipo de acontecimento, objeto, cor, número, ritual, etc. Tais coisas são proibidas.
 
Qualquer coisa relacionada à idolatria deve ser lançada fora de sua vida para sempre. Todo objeto de idolatria usado no passado deve ser queimado ou quebrado; não devem ser vendidos, mas destruídos. Deus tem zelo pelo seu povo.
 
            Desde o momento da conversão todo crente deve afastar-se dos ídolos, e expulsar qualquer pensamento de respeitar ou reverenciar ídolos. Deus é Espírito e não uma imagem.
Se você se envolveu com espiritismo de qualquer ordem, participou de rituais, usou roupas ou coisas consagradas a entidades malignas ou em qualquer outro culto maligno, é preciso quebrar e desfazer todas as alianças que foram feitas.
 
Deixe-me dar um exemplo para que você entenda como funciona o mundo espiritual: Imagine que você está em sua casa e quer uma pizza. Então, pega o telefone e a encomenda. Você fez um pedido, e vão te entregar! Porém, o seu melhor amigo chega e te convida para comer no melhor restaurante da cidade, tudo por conta dele. Você aceita o convite, mas precisa resolver a questão da pizza. O que você deve fazer? A resposta óbvia é: Cancelar o pedido! Se você não cancelar, alguém tentará te entregar, pois você pediu.
 
O mundo espiritual também funciona assim. Quando não conhecíamos Jesus, nos envolvemos com o reino das trevas de várias formas, fazendo pedidos sem saber para quem estávamos pedindo. O diabo anotou todos. Jesus, o nosso melhor amigo nos convidou para comer na mesa dele. Aceitamos o convite, mas o que fazer com os pedidos anteriores? A resposta é: Ele nos deu poder e autoridade para cancelar todo vínculo com o reino das trevas. Não em nossa força, mas na autoridade dEle. Se não cancelamos, os demônios tentarão nos entregar muitas coisas. Procure ajuda do seu discipulador para que ele ore com você e te conduza ao próximo Encontro e posteriormente há uma ministração individual de cura e libertação. É um processo e deve ser feito de forma gradativa, assim você conseguirá manter esta libertação.
 
A obra de salvação foi dada a você completamente quando recebeu Jesus. Entretanto, você deve usar a autoridade do nome de Jesus para quebrar de sua vida todo vínculo do passado. Seja sensível a Deus e peça que o Espírito Santo mostre a você, se em sua casa existem objetos que devam ser destruídos, como por exemplo: imagens esculpidas ou pintadas, livros, vídeos, amuletos, roupas, etc. O Espírito Santo nos mostrará o que é apropriado para um filho de Deus ter em sua casa.
 
Em Atos 19:19 vemos que os efésios queimaram todos os seus livros de magia. Esses livros valiam cinqüenta mil peças de prata. Realmente era muito dinheiro, mas eles não foram vendidos e sim, queimados. Por isso a palavra de Deus cresceu poderosamente no meio deles. Veja também em Deuteronômio 7:25 a 26 não devemos colocar dentro de nossas casas coisas amaldiçoadas, pois isso trará demônios em nosso ambiente familiar ou profissional, etc.
 
B) Tudo o que for impuro.
 
        Dê uma boa olhada em sua vida e se desvencilhe das coisas que tem relação com o pecado como ídolos, livros, fitas, objetos de pornografia, cds de músicas declaradamente sensuais e profanas ou da nova era, objetos que foram usados em cultos malignos, enfim, qualquer coisa que a Palavra e o Espírito Santo rejeitar.
           
Há coisas que não são apropriadas para um filho de Deus. Por exemplo: Imagine que uma mulher tenha em sua casa muitas roupas sensuais que foram utilizadas para chamar a atenção dos homens para seu corpo, outro usava roupas com dizeres fazendo apologia (elogio ou defesa) às drogas, outro ainda pode estar guardando as fantasias que usou nos desfiles de carnaval. Estas coisas devem ser destruídas, pois não são apropriadas para um filho de Deus. Em Levítico capítulo 13 e 14 tratam dessas coisas.  Outras coisas, porém, não tem um aspecto impuro, mas foram usadas durante muito tempo para o pecado e podem ser uma contaminação para sua vida. Deixe o Espírito Santo te guiar e te mostrar o que convém a você.
 
Quando pensamos em impureza, também devemos nos lembrar de lugares e pessoas. Quanto a isso, cuidado com o erro dos extremos: há aqueles que se isolam de tudo e de todos imaginando que assim evitarão o pecado e há também os que se acham muito fortes, se expondo a qualquer situação ou pessoa. Ambos estão errados. A bíblia nos ensina a fugir da aparência do mal. Se existem pessoas que te influenciam de forma negativa e lugares que te deixam vulnerável ao pecado, afaste-se. É preciso fortalecer sua vida no Senhor e em sua palavra. Jesus Cristo nos orientou a vigiar e orar para não entrarmos no processo de tentação.
 
Perceba que ser um cristão é algo muito sério e real. É muito mais do que uma religião ou frequentar reuniões. Todas as áreas de sua vida precisam ser afetadas de forma que você nunca venha a se esquecer.
 
C) Tudo que estiver ligado à injustiça.
 
Se você cometeu atitudes injustas com pessoas, é importante resolvê-las. O caso de Zaqueu na bíblia é um caso clássico de alguém que desejava realmente concluir o seu passado. Quando ele compreendeu a salvação, imediatamente disse a Jesus: "Se eu defraudei alguém, restituirei quatro vezes mais. Quando Jesus ouviu estas palavras disse: "Verdadeiramente a salvação entrou nesta casa!"
 
É fundamental que tenhamos a mesma postura de Zaqueu. Se você roubou alguém, se pegou emprestado e não devolveu, procure restituir, mesmo que não tenha o dinheiro para repor, vá até ela e acerte a situação. Pais que cometeram injustiça com seus filhos, enganando ou manipulando suas vidas, devem pedir perdão.
 
Filhos que cometeram injustiça com seus pais desonrando, mentindo e se rebelando devem pedir perdão. Mesmo que a outra pessoa não queira te perdoar, você deve fazer sua parte. Esta é uma questão de consciência e de testemunho, ou seja, sua consciência deve estar livre diante de Deus e você deve ter um bom testemunho para com os homens. Se você não concluir coisas injustas, então, quando estiver pregando o evangelho lá na célula ou em qualquer outro lugar e aquela pessoa te ouvir, ela só pensará na injustiça do passado e sua autoridade estará minada diante do inimigo.
 
Também é importante concluir o passado para que as conseqüências do que você semeou sejam inimizadas. Jacó é um bom exemplo bíblico para nós. Ele foi acumulando pendências em sua vida, enganou o pai, o irmão, saiu fugido de casa, etc. O fato é que Jacó passou muitos anos de sua vida lutando com um passado que não estava concluído.
 
Quando decidiu finalmente encarar sua vida de enganador, ele conheceu a transformação e a liberdade que há em Cristo. Procure acertar toda injustiça de sua vida e siga livre com Jesus.   
 
D) Coisas impróprias devem ser concluídas.
 
Tudo que for impróprio para sua nova vida. Existem coisas que não parecem estar ligadas diretamente ao pecado, mas são impróprias para sua nova vida. Por exemplo: uma das situações comum é a questão do casamento. Muitos vivem amasiados há muitos anos. A amazia para um cristão é algo impróprio e além de ser pecado, dá brechas para um demônio de prostituição, por isso precisa ser concluído com o casamento. E algo que precisa ser acertado por causa do testemunho e por ser algo contrário à Palavra de Deus, a bíblia chama isso de fornicação. Portanto, se você não se casou no civil e está vivendo com alguém procure casar-se; se você exerce alguma atividade ligada à prostituição ou idolatria, peça a Deus um outro trabalho; se ganhava o seu sustento com jogos de azar, deixe de lado estas coisas.
 
Uma outra situação são atividades comerciais impróprias a um cristão. Esta é uma situação que não pode ser adiada, principalmente se a atividade envolve venda de bebidas alcoólicas ou butequeiro ou estar em lugares promíscuos. Como cristãos não deveríamos atuar em trabalhos de mostrar o corpo sensualmente, etc. Não faça qualquer coisa que comprometa a sua imagem de cristão.
 
Procure fazer somente o que convém a santos, homens e mulheres que foram resgatados da sua vã maneira de viver. Deixe o Espírito Santo moldar sua vida de acordo com o padrão de Deus para você. Peça ao seu discipulador para orar junto com você nas áreas em que você encontra dificuldade.  
 
Uma vez concluído o passado, esqueça-o
 
Em Filipenses 3:13 Paulo coloca o padrão para nós: "Irmãos, uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que para trás ficam e avançando para as que diante de mim estão, prossigo para o alvo, para o prémio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus."
 
O padrão do mundo e da psicologia é lembrar, mas o padrão de Deus é esquecer. Como alguém que nasceu de novo saiba que a partir de agora você não tem passado. Tudo foi apagado e não há mais lembrança alguma diante de Deus. Conclua e esqueça os erros, falhas e pecados do passado e avance!
 
Aquilo que o sangue de Cristo lava é apagado, esquecido diante de Deus. Deus não tem lembrança dos pecados confessados e renunciados. Não devemos lembrar a Deus aquilo que Ele já esqueceu. O Senhor diz: "Eu, eu mesmo, sou o que apago as tuas transgressões por amor de mim e dos teus pecados não me lembro." (Is. 43:25).   Por isso uma vez feita a conclusão do seu passado esqueça-o e não torne a viver em função dele.
 
De acordo com o texto de II Timóteo 2: 25, 26 a nossa liberação para cumprir a vontade de Deus deve passar por quatro estágios:
 
1) Arrependimento.
2) Conhecimento da verdade.
3) Desprendimento dos laços do diabo.
4) Cumprimento da vontade de Deus.
 
Leia e medite durante a semana:
1) Coríntios 10:21
2) II Coríntios 6: 14-18.
3) I Tessalonicenses 4:3-8
4) Tito 2:11-14.
5) II Timóteo 2: 19-21.
 
Responda e compartilhe no próximo encontro:
(Antes de responder as questões abaixo, ore para que o Espírito Santo te revele quais coisas necessitam ser tratadas e concluídas em sua vida.)
 
Qual a importância de se ter uma consciência pura diante de Deus conforme I Timóteo 1: 19? Você está disposto a alcançar isso?
 
Quais as consequências na vida de alguém que quer andar com Deus, mas não concluiu o seu passado?
Você sente que Deus está te direcionando a concluir o seu passado? Por quê?
 
Você gostaria de ser instruído e acompanhado por seu discipulador na conclusão de situações passadas? O seu discipulador vai te instruir naquilo que você deve fazer. É importante concluir o seu passado de forma correta, passa a passo, sem pressa. Este discipulado já é o inicio do processo, NÃO PARE, conclua todo o processo.
 
Faça uma lista em uma folha anexos das situações, orem juntos falando a Deus que você está arrependido (a) e peça para Ele te preparar e criar o momento propicio para concluir este seu passado. Prepare-se para o Encontro, curso de maturidade e ministração individual de libertação e cura interior. Você precisa passar pelo trilho ministerial.
 
Dicas práticas
 
1.      Juntamente com o irmão designado para ser o seu "anjo da guarda", vasculhe a sua casa e ajunte tudo o que estiver ligado a idolatria, nova era, superstição, magia e pornografia. Pode ser imagem, escultura, livros, discos, vídeos ou qualquer outro objeto. Leve tudo para um local separado e queime-os. Não dê de presente para ninguém, mas queime-os. Depois de queimar faça uma oração de quebra de maldição com a ajuda do irmão designado para ser o seu "Anjo da guarda".
 
2.      Avalie todas as suas roupas, discos e vídeos e observe se há algo ligado com o pecado. Seja de sensualidade ou espiritismo. Tudo deve ser queimado. Faça uma oração de quebra de maldição rejeitando toda ligação com o passado com a ajuda do irmão designado para ser o seu "Anjo da Guarda".
 
3.      Há uma roteiro de quebra de maldição de práticas antigas. Procure o seu pastor e siga o roteiro, mesmo que você já tenha ido ao encontro.
 
4.      Faça um levantamento de objetos ou bens que foram adquiridos de forma ilegal. Veja também se há objetos emprestados não devolvidos. Conclua todos eles. O que pode ser devolvido, devolva. O que pode ser pago ou restituído, faça-o. Aquilo que não pode mais ser corrigido confesse diante de Deus junto com o irmão designado para ser o seu "Anjo da guarda".
 
5.      Veja se existe algo pendente na sua vida como amazia, separação não legalizada, trabalho ilegal, impróprio para um filho de Deus ou algo assim. Conclua tudo isso diante de Deus.
 
6.      O limite para essa conclusão do passado é vida e paz como está em Romanos 8:5-6. Depois que o Senhor trouxer paz ao seu coração é porque a conclusão foi consumada. Depois disso esqueça o seu passado sem Deus, pois ele não terá mais poder sobre a sua vida.
 
Oração:
“Pai celestial, em nome de Jesus eu rendo a ti todo o meu ser. Estou consciente de que sou uma nova criatura em Cristo e que o pecado não tem mais domínio sobre mim. Sei que o teu desejo é a minha santificação, por isso, oro para que o Espírito Santo me auxilie na conclusão do meu passado. O desejo do meu coração é me desvencilhar de tudo o que me embaraça e me inclina para o pecado. Pela fé eu assumo minha posição em Cristo e estou disposto a tomar todas as atitudes necessárias para romper com laços do meu passado e não ser mais enredado pelo pecado. Senhor abra os meus olhos para que eu possa compreender as terríveis consequências do pecado e de agora em diante andar no teu temor. Peço que o Senhor me socorra nas minhas fraquezas para que eu tenha plena vitória. Em nome de Jesus eu resisto e renuncio a estes pecados e a todos os laços do diabo que tentam me manter neles. Reafirmo que sou lavado e remido no sangue do Cordeiro de Deus. Eu te agradeço por me restaurar com teu amor e perdão. Eu creio no meu coração e oro no precioso nome de Jesus. Amém!”.
 
MEMORIZE 1 PEDRO 1;14-16 

 

Imprimir
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •