Encontre sua Célula
Saiba qual a célula mais próxima de você! Procurar
Redes Sociais
3 maio, 2010

Os dons do Espírito Santo – Parte VI

…Continuação

 Os dons são capacitações para a Igreja, Jesus gerou a igreja em seu corpo, e colocou a sua disposição tudo aquilo de que Ele dispunha. Deus ungiu a Jesus com Espírito Santo e poder, o qual andou por todo lado fazendo o bem, curando os enfermos e oprimidos do diabo, por que Deus era com Ele (At. 10:38 ). Esse é o papel da Igreja.   

Assim como os apóstolos, e a igreja primitiva e muitos outros precisaram deste poder para implantarem o reino de Deus na terra, muito mais nós hoje, onde há tanto engano, tantas seitas, etc. “O próprio Jesus usou este poder e Ele disse que nós o receberíamos ao descer sobre nós o Espírito Santo. É por isso que Deus nos deixou estes recursos!”

Dons de Poder

 Esses três dons fazem alguma coisa

 4) Fé.

 

5) Operação de Milagres.
6) Dons de Curar.
 
O Espírito Santo veio sobre Jesus e o ungiu quando este foi batizado por João Batista no rio Jordão. Jesus era plenamente filho de Deus antes do Espírito Santo vir sobre Ele, assim como o era depois.
 
Mas a Bíblia nos mostra que Ele nunca operou nenhum milagre antes do seu batismo ( João 2:11 ). Depois deste momento Jesus ministrava com poder e unção, isso aconteceu através do Espírito Santo. Se Jesus tivesse operado milagres por algum poder inerente dentro de si mesmo, como Deus, Ele não poderia nos dizer que faríamos as obras que Ele fazia ! ( João 14:12 ). Se, pois Jesus fazia essas obras como um homem ungido pelo Espírito Santo, é lógico que os crentes, com a inspiração e a Unção do Espírito Santo, podem fazer a mesma coisa.
          
Se olharmos para a vida de Elizeu, vemos que ele operou duas vezes mais do que Elias. Eram dias difíceis de cultos Pagãos, ocultismo, idolatria e era necessário uma operação forte do poder de Deus. Hoje temos a necessidade de grande operação do poder de Deus na Igreja. Pois sem este poder a igreja não poderá avançar, e ficará inerte, passiva.
 
Mas Deus quer que sua Igreja seja forte e ande no seu poder. Os dons de poder são aqueles que fazem alguma coisa, ( dinamite ), e o fazem de forma sobrenatural:
           
3.     O dom da Fé.
 
Freqüentemente esses dons operam juntos, vamos começar com a fé. O dom da fé, não é esta fé simples, existem vários tipos de fé.
 
Aqueles que possuem o dom da fé crêem em Deus de tal maneira que Ele honra a palavra deles como se fosse a sua, e milagrosamente a cumprem.
 
O dom da fé é uma dotação sobrenatural pelo Espírito mediante a qual aquilo que o homem declara ou deseja, ou o que Deus fala, acabará se cumprindo. Jesus disse em Marcos 11, Tendes a fé de Deus, ou tendes a fé em Deus, e diga ao monte precipita-te no mar e assim se fará.
 
Tipos de Fé.
 
            1) Fé Salvífica: Que leva a pessoa a salvação ( Efésios 2:8, 9; Atos 16:31; Romanos 10:17 ).
 
            2) Fé geral: Que cada crente ( cristão ) possui ( Romanos 12:3 ).
 
            3) O fruto da fé, ou fidelidade, o fruto do espírito humano criado de novo, que vem depois da salvação ( gálatas 5:22, 23 ). Lemos a respeito do fruto do Espírito ( do qual a fé faz parte ). No grego original, esse fruto da fé não é chamado “fé”, mas fidelidade. O fruto do Espírito é o desenvolvimento do caráter cristão, e os dons do Espírito produzem poder na sua vida.
 
            4) Fé natural : Todo homem tem, mesmo o não cristão, ninguém pode viver sem fé natural, não entraríamos no carro, no avião, etc.
                       
5) Dom da Fé: ou fé especial, é uma manifestação do Espírito Santo, que é outorgado depois do batismo no Espírito Santo, conforme o Espírito quer.
                       
Abraão viu pela fé, andou pela fé, mas isso não é o dom da fé. Todos os dias da vida de Abraão ele viveu pela fé, mas quando ele creu em Deus, para ser pai de um filho, quando tinha noventa e nove anos, e Sara oitenta e nove e ainda estéril, manifestou-se o dom da fé.
 
 De repente, dentro de você, há uma certeza quanto as impossibilidade que se tornando possibilidades, toma conta de você.
                       
O dom da fé é crer em algo impossível, é dom de Deus. Paulo andou pela fé, pois o justo viverá pela fé, mas há um momento em que a fé que Deus tem se manifesta, para fazer algo extraordinário.
 
A diferença entre a operação de milagres e o dom da fé.
 
A fé recebe alguma coisa, e a operação de milagres faz. A fé recebe o milagre, e a operação realiza o milagre. Na fé você nada faz, só recebe. Na operação de milagres você é o veículo no qual o poder é liberado.
A fé abre o caminho para operação do milagre. O dom da fé não é a fé que você exerce na Palavra, você pode receber cura pelo simples exercício da fé e confissão na Palavra de Deus, Isaias 53:4; 1Pedro 2:24; Salmos 103.
                       
Essa fé opera como proteção, Exemplo: Daniel é lançado na cova dos leões, ele vai tranqüilo, e dorme no meio dos leões, ele recebe livramento, mas ele nada faz a respeito ( Daniel 6:16, 23).
                       
Jesus operava no dom da fé, constantemente, e essa fé é extraordinária para fazer tudo, Exemplo: Jesus no túmulo de Lázaro. Aqui os três dons operam juntos. Veja!
  1. O dom da fé: o tipo da fé que Deus tem. A certeza que o morto viverá.
  2. Operação de milagres, o poder de Deus entrando em operação, trazendo o morto ( Lázaro ) de volta para a vida (Milagre).
  3. Os dons de curar: trazendo cura da enfermidade que o levou a morrer.
 A fé dá certeza, e você diz, levanta-se e o milagre entra em operação, e aquilo que parecia impossível, torna-se possível.
 
O Dom da fé é o tipo da fé que Deus tem pulsando dentro de você, ele não veio de você, mas derrepente você tem fé suficiente para receber ou realizar um milagre.
 
Continua…..
 
Pastor Eliezer 

 

Imprimir
Compartilhe
  •  
  •  
  •  
  •